Fatores de maior influência para a alta de 0,53% do INCC-M em Fevereiro de 2017

LinkedIn

Em fevereiro de 2017, o Índice Nacional de Custo da Construção – Mercado (INCC-M) subiu 0,53% em relação ao mês anterior. Dentre os itens que compõem a cesta de produtos avaliados pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) para o cálculo do indicador, o que mais contribuiu para a alta do indicador foram as taxas de serviços e licenciamentos, cuja variação mensal subiu de 3,02% para 6,24%, na passagem de janeiro para fevereiro de 2017.

Outros itens importantes para o crescimento do INCC-M no segundo mês do ano foram: ajudante especializado, tubos e conexões de PVC, servente e carpinteiro.

Os preços utilizados para compor o indicador foram apurados pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) entre os dias 21 de Janeiro e 20 de Fevereiro de 2017 nas sete principais capitais estaduais do país. Clique aqui e confira todos os detalhes sobre o desempenho do INCC-M de fevereiro de 2017.

 

Maiores Influências Positivas sobre o INCC-M em Fevereiro de 2017

Variação Mês Anterior (%) Variação Mês Atual (%)
Taxas de serviços e licenciamentos 3,02 6,14
Ajudante especializado 0,25 0,40
Tubos e conexões de PVC 0,18 3,25
Servente 0,45 0,50
Carpinteiro (fôrma,esquadrias e telhado) 0,22 0,49

 

Maiores Influências Negativas sobre o INCC-M em Fevereiro de 2017

Variação Mês Anterior (%) Variação Mês Atual (%)
Argamassa 0,41 -0,90
Condutores elétricos 7,14 -1,23
Projetos 0,01 -0,09
Aduela e alizar de madeira 0,22 -0,14
Pedra britada 0,47 -0,28

 

Deixe um comentário