Dólar Week:moeda valoriza 0,84% com o mercado atento ao cenário internacional

LinkedIn

O dólar valorizou 0,84% nesta semana com o mercado atento ao cenário externo. O presidente norte-americano, Donald Trump, declarou na semana passada a imposição de tarifas para as importações de aço e alumínio, dando destaque para tarifação de US$ 60 bilhões de importações norte-americanas da China, aumentando os temores da guerra comercial global. Trump demitiu nesta semana o secretário de Estado dos Estados Unidos, Rex Tillerson, substituindo por Larry Kudlow, um ex-conselheiro econômico do ex-presidente Ronald Reagan na década de 1980. Além disso, o governo também decidiu substituir seu assessor de segurança nacional, H.R. McMaster, na quinta-feira (15) porém, segundo ele a mudança não será imediata. No entanto, o republicano admitiu que uma reforma no alto escalão de seu governo não acabou.

Ontem, a moeda teve queda de 0,35%, cotada a R$ 3,2781 para compra e R$ 3,2789 para venda.

Após 12 pregões em março, a moeda valorizou 1,11%. Já se foram 6 fechamentos negativos contra 6 positivos. Em fevereiro, a divisa americana fechou cotada a R$ 3,2421 para compra e R$ 3,2428 para venda.

Em 2018, após 51 pregões, o dólar apresenta uma desvalorização de 1,07%. Já se foram 25 pregões em alta, contra 26 em baixa. Em 2016, a divisa dos Estados Unidos fechou cotada a R$ 3,3133 para compra e a R$ 3,3144 para venda.

Resumo da semana

A segunda-feira (12/03), o dólar teve queda de 0,3%, cotado a R$ 3,2555 para compra e R$ 3,2580 para venda. No dia seguinte, ele teve alta de 0,13%, cotado a R$ 3,2612 para compra e R$ 3,2621 para venda.

No meio da semana, a moeda teve alta de 1,05%, cotada a R$ 3,2602 para compra e R$ 3,2610 para venda. Na quinta-feira (15/03), ela teve alta de 0,9%, cotada a R$ 3,2898 para compra e R$ 3,2905 para venda.

Ontem, a moeda teve queda de 0,35%, cotada a R$ 3,2781 para compra e R$ 3,2789 para venda.

 

Deixe um comentário