Lucro da Concessionária Rio-Teresópolis (CRTE3B e CRTE5B) subiu 17,68% em 2017

LinkedIn

A companhia Concessionária Rio-Teresópolis anunciou um lucro líquido de R$ 42.12 milhões em 2017, valor 17,68% superior ao lucro líquido apurado no ano anterior (R$ 35.79 milhões). O desempenho da companhia em 2017 também foi superior à média dos cinco anos anteriores (lucro médio anual de R$ 41.65 milhões), quando a empresa teve uma retração média de 4,41% por ano em sua lucratividade.

A receita líquida da companhia aumentou 24,97% de um ano para o outro, passando de R$ 193.9 milhões em 2016 para R$ 242.32 milhões em 2017. Esse montante também foi maior que o valor médio dos últimos cinco anos (R$ 215.37 milhões), quando a receita líquida da companhia Conc Rio Ter cresceu, em média, 2,69% por ano.

Os ativos totais da CRT totalizaram R$ 224.47 milhões no 4º trimestre de 2017, soma -12,53% menor que o saldo de R$ 256.64 milhões registrado no encerramento do mesmo período do ano anterior.

O patrimônio líquido da companhia, por sua vez, apresentou retração de 8,43%, ao comparar todos os valores contábeis que os seus sócios possuíam no fechamento do 4º trimestre de 2017 (R$ 160.34 milhões) com a mesma data em 2016 (R$ 175.11 milhões).

A dívida líquida ficou em R$ 20.68 milhões no encerramento do 4º trimestre de 2017, queda de 27,42% ante os R$ 28.5 milhões registrados no ano anterior.

Todos estes dados referem-se à individualização do resultado financeiro da companhia Concessionária Rio-Teresópolis (BOV:CRTE3B e BOV:CRTE5B), sem considerar o resultado financeiro de suas companhias subsidiárias (empresas controladas, de maneira direta ou indireta, pela companhia) relacionadas ao ano de 2017.

Resultado da Concessionária Rio-Teresópolis no 4º Trimestre de 2017

A companhia CRT anunciou um lucro líquido de R$ 5.68 milhões no 4º trimestre de 2017, valor 9,94% superior ao lucro líquido apurado no mesmo período do ano anterior (R$ 5.17 milhões). Já a receita líquida da companhia aumentou 24,70% de um ano para o outro, passando de R$ 51.58 milhões no 4º trimestre de 2016 para R$ 64.32 milhões no 4º trimestre de 2017.

Acesse o balanço financeiro completo desta companhia, clicando aqui. Não deixe de conferir também seus indicadores fundamentalistas, clicando aqui.

Conheça a CRT

Em agosto de 1995, a Construtora OAS venceu a concorrência do DNER para a administração da rodovia e convidou as empresas Carioca Christiani-Nielsen Engenharia S/A, Construtora Queiroz Galvão S/A e EIT-Empresa Industrial Técnica S/A para formar a CRT – Concessionária Rio-Teresópolis S/A que, desde 22 de março de 1996, administra os 142,5 quilômetros da Rodovia Santos Dumont (BR-116/RJ), no Estado do Rio de Janeiro.

O trecho sob a concessão da CRT abrange a região onde estão os municípios de Duque de Caxias (a partir do entroncamento com a BR-040/RJ), Magé, Guapimirim, Teresópolis, São José do Vale do Rio Preto e Sapucaia, indo até a divisa com Minas Gerais, próximo à cidade de Além Paraíba.

Usuários ADVFN acompanham, gratuitamente e em tempo real, a cotação de todas as ações negociadas na BM&FBOVESPA através das ferramentas Monitor, Cotação e Gráfico.

Deixe um comentário