Bom dia, Investidor! 17 de dezembro de 2019

LinkedIn

Esse é o Bom dia, Investidor! Com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!

Destaques corporativos

Banco do Brasil (BBAS3): O Banco do Brasil anunciou renovação de contrato, de forma temporária, com os Correios. A parceria deve durar três meses com possibilidade de prorrogação por igual período. Desta forma, os Correios continuam disponibilizando saques, depósitos, consultas e recebimentos de contas pelos próximos três meses, período que pode ser prorrogado.

Natura (NATU3): Em comunicado enviado ao mercado, a Natura anunciou uma mudança em seu ticker. A partir do dia 18 de dezembro de 2019, as ações NATU3 deixam de ser negociadas na B3 S.A. e inicia-se a negociação com as ações NTCO3 ao segmento do Novo Mercado da B3. A negociação do novo ticker ocorre normalmente a partir do dia 18, sem alteração de valor ou ajuste. A mudança ocorre em função da incorporação das ações entre a Natura Cosméticos e a Natura & Co. Holdings S.A.

Guararapes (GUAR3): A Guararapes Confecções S.A., controladora das Lojas Riachuelo, informou ontem ao mercado que protocolou na Delegacia da Receita Federal um pedido de créditos tributários no valor de R$ 140,8 milhões. Segundo a empresa, os créditos decorrem de uma ação judicial transitada em julgado, na qual a Gurarapes pediu a exclusão do ICMS da base de cálculo do PIS e da Cofins.

Light (LIGT3): A distribuidora de energia Light, do Rio de Janeiro, comunicou à CVM que liquidou antecipadamente uma dívida de R$ 292,6 milhões com o BNDES, referente a um financiamento que fez no banco estatal em 2015 e 2016 para sua subsidiária Light Serviços de Eletricidade.

Alupar (ALUP11): A distribuidora de energia Light, do Rio de Janeiro, comunicou à CVM que liquidou antecipadamente uma dívida de R$ 292,6 milhões com o BNDES, referente a um financiamento que fez no banco estatal em 2015 e 2016 para sua subsidiária Light Serviços de Eletricidade.

Marfrig (MRFG3): Ocorre hoje a precificação de oferta da Marfrig que deve permitir ao BNDES vender sua participação no frigorífico. O  BNDESPar, braço de investimentos do banco, planeja vender cerca de 209,6 milhões de ações, o que representa toda a sua parcela de 33,74%, segundo a Marfrig. A operação pode levantar R$ 3,33 bilhões.

Unidas (LCAM3): A Unidas também fará precificação de oferta nesta terça-feira. Serão vendidas 93,8 milhões de ações: 61 milhões de açõesprimárias ON e 32,8 milhões de ações secundárias pelo acionista principal. A oferta poderá movimentar cerca de R$ 1,7 bilhão.

Recomendação de ativos

Natura (NATU3): O Bradesco BBI elevou para neutra a recomendação para as ações da Natura, que estavam underweight desde que a indústria brasileira de cosméticos comprou a norte-americana Avon por US$ 3,7 bilhões em maio.

Gerdau (GGBR4): A Ágora Investimentos reafirmou sua visão positiva para as ações da Gerdau a longo prazo. De acordo com os analistas, a recomendação para o papel é de compra, com preço-alvo elevado para R$ 24.

Wiz (WIZS3): A corretora Planner elevou o preço justo da Wiz de R$ 13,50 por ação para R$ 15, com recomendação de compra.

Banco BMG: De acordo com um relatório divulgado pela equipe de análise do Credit Suisse, a recomendação para o papel do Banco BMG é de compra (outperform), com um preço-alvo de R$ 12,50.

Dólar

O dólar opera em queda nesta terça-feira (17), sendo negociado ao redor de R$ 4,05.  Às 9h31, a moeda norte-americana caía 0,13%, a R$ 4,0562. Na véspera, o dólar fechou em queda de 1,13%, a R$ 4,0613, num dia de firme apetite por risco em todo o mundo na esteira do otimismo em torno do acordo comercial EUA-China. Na mínima do dia, chegou a R$ 4,0553. Na parcial de dezembro, acumula queda de 4,21%. No ano, porém, há alta de 4,83%.

Commodities

Minério de ferro: A jornada desta terça-feira foi marcada por uma forte queda nos preços dos contratos futuros do minério de ferro, que são transacionados na bolsa de mercadorias da cidade chinesa de Dalian. O ativo com o maior volume de negócios, com data de vencimento para maio do próximo ano, encerrou com desvalorização de 2,76% a 634,50 iuanes por tonelada.

Petróleo: Os Futuros do Petróleo caíram durante a sessão asiática. Na bolsa mercantil de Nova York, os contratos futuros do petróleo, com vencimento em janeiro, foram negociados na entrega a US$ 60,11 por barril no momento da escrita, recuando 0,05%.

Ouro: Os contratos futuros do Ouro subiram durante a sessão asiática. Na divisão Comex da Bolsa Mercantil de Nova York, os contratos de referência do Ouro, com vencimento em Fevereiro, encerraram a jornada a US$ 1.480,65 por onça troy, avançando 0,01%.

Agenda econômica

■ Brasil

  • Ata do Copom

■ Indicadores Internacionais

  • Reino Unido – Taxa de desemprego mensal (outubro)
  • Zona do Euro – Balança comercial (outubro)
  • EUA – Licenças de construção mensal (novembro)
  • EUA – Produção industrial mensal (novembro)
  • EUA – Produçnao industrial anual (novembro)
  • EUA – Ofertas de emprego JOLTs mensal (outubro)
  • EUA – Variaçnao de estoques de petróleo API semanal
  • Japão – Balança comercial mensal (novembro)

Termômetro B3

DESTAQUES VAR %  FECHAMENTO (R$)
BRDT3  +3,56% R$ 28,50
NATU3  +3,51% R$ 38,00
VVAR3  +3,50% R$ 11,25
CIEL3 -4,78% R$ 8,36
EQTL3 -2,69% R$ 22,06
ITUB4 -2,29% R$ 35,48

 

Deixe um comentário