Bom dia, Investidor! 19 de dezembro de 2019

LinkedIn

Esse é o Bom dia, Investidor! Com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!

Destaques corporativos

Petrobras (PETR4)(PETR3): A Petrobras aprovou ontem a distribuição de lucros aos acionistas, que receberão uma soma bruta de R$ 2,3 bilhões, equivalente a R$ 0,42 por ação em circulação. O pagamento ocorrerá em 7 de fevereiro de 2020, com uma data de corte de 26 de dezembro para os acionistas que têm papéis na B3 e 30 de dezembro para os que possuem ADRs na Bolsa de Nova York. Os acionistas que têm ADRs receberão o pagamento em 17 de fevereiro.

Vale (VALE3): A BlackRock aumentou sua participação acionária na Vale para 5,03% dos ativos ON. Desta forma, a gestora passa a deter 208 milhões de ações ordinárias e 57 milhões de ADRs.

CPFL (CPFE3): A CPFL Energia fará OPA por ações ON da CPFL Energia Renováveis. A oferta pública de aquisição de até 291.550 ações ON da CPFL Energia Renováveis será lançada a R$ 16,85 por ação, segundo comunicado.

Marfrig (MRFG3): A Marfrig Global Foods S.A. comunicou ontem ao mercado que antecipará de 2023 para agora o pagamento das suas notas sênior, com remuneração de 8,000% ao ano. Essas notas foram emitidas pela Marfrig Holdings B.V. na Europa em 2016 e segundo a multinacional representam a principal dívida da companhia, no valor de US$ 446 milhões (R$ 1,8 bilhão).

Copel (CPLE6): A Companhia Paranaense de Energia (Copel), estatal geradora e distribuidora de energia elétrica no Estado do Paraná, comunicou ontem à CVM que encerrou no dia 15 seu Programa de Demissão Voluntária (PDV). Segundo a empresa, 395 funcionários solicitaram e tiveram suas demissões efetivadas.

Lojas Renner (LREN3): O Conselho de Administração das Lojas Renner informou ontem aos acionistas que aprovou o pagamento de R$ 61,3 milhões em dividendos, referentes ao exercício de 2019. Segundo o Conselho, o pagamento aos acionistas acontecerá em um prazo de 10 dias após a primeira Assembleia Geral Ordinária de 2020.

Braskem (BRKM5): A petroquímica Braskem comunicou ontem ao mercado que pagará dividendos o lucro sobre o exercício de 2018 aos seus acionistas no dia 30 de dezembro. A Braskem informou que pagará uma soma total de R$ 667 milhões aos detentores de ações ordinárias e preferenciais, com papéis na B3 e na NYSE.

Recomendação de ativos

Natura (NTCO3): O Bradesco BBI elevou para neutra a recomendação para as ações da Natura, que estavam underweight desde que a indústria brasileira de cosméticos comprou a norte-americana Avon por US$ 3,7 bilhões em maio.

Gerdau (GGBR4): A Ágora Investimentos reafirmou sua visão positiva para as ações da Gerdau a longo prazo. De acordo com os analistas, a recomendação para o papel é de compra, com preço-alvo elevado para R$ 24.

Wiz (WIZS3): A corretora Planner elevou o preço justo da Wiz de R$ 13,50 por ação para R$ 15, com recomendação de compra.

Notícias

Impeachment de Trump: O impeachment do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, foi aprovado nesta quarta-feira (18) pela Câmara dos Deputados. A Casa votou pela aprovação de duas acusações: Abuso de poder – 230 votos a favor e 197 contra e Obstrução de Congresso – 229 votos a favor e 198 contra.

A suspeita é que Trump tenha usado seu cargo de presidente para pressionar o governo ucraniano a produzir material contra um rival político, sob ameaça de congelamento de repasse de verba de ajuda militar. Além disso, Trump é acusado de proibir pessoas a ligadas a ele de prestarem depoimento na Câmara.

O presidente continuará no cargo enquanto espera o resultado do julgamento no Senado, que deve ocorrer em janeiro. Ele é o terceiro presidente na história dos EUA a sofrer um impeachment.

Dólar

O dólar opera instável nesta quinta-feira (19), com o foco dos investidores nos dados do Relatório de Inflação do Banco Central divulgados mais cedo. Às 9h25, a moeda norte-americana operava em queda de 0,07%, a R$ 4,0561. Na véspera, a moeda fechou em baixa de 0,13%, vendida a R$ 4,0589, acumulando queda de 4,26% no mês, mas de 4,77% no ano.

Commodities

Minério de ferro: A jornada desta quinta-feira foi marcada por importante valorização para os preços dos contratos futuros do minério de ferro, que são transacionados na bolsa de mercadorias de Dalian, na China. O ativo com o maior volume de negócios, com data de vencimento para maio do próximo ano, somou 1,89% para um total de 648,00 iuanes por tonelada.

Petróleo: Os Futuros do Petróleo subiram durante a sessão asiática. Na bolsa mercantil de Nova York, os contratos futuros do petróleo, com vencimento em fevereiro, foram negociados na entrega a US$ 60,80 por barril no momento da escrita, avançando 0,08%.

Ouro: Os contratos futuros do Ouro subiram durante a sessão asiática. Na divisão Comex da Bolsa Mercantil de Nova York, os contratos de referência do Ouro, com vencimento em Fevereiro, encerraram a jornada a US$ 1.481,85 por onça troy, avançando 0,21%.

Agenda econômica

■ Brasil

  • Banco Central – Divulgação do Relatório Trimestral de Inflação do 4T

■ Indicadores Internacionais

  • Japão – Decisão da taxa de juros
  • Reino Unido – Vendas no varejo mensal (novembro)
  • Reino Unido – Núcleo de vendas no varejo mensal (novembro)
  • Reino Unido – Banco da Inglaterra – Decisão da taxa de juros 

Termômetro B3

DESTAQUES VAR %  FECHAMENTO (R$)
EGIE3  +5,90% R$ 50,09
QUAL3  +4,48% R$ 35,68
PCAR4  +4,00% R$ 87,85
MRFG3 -4,21% R$ 10,25
COGN3 -3,00% R$ 11,64
ELET6 -2,95% R$ 36,55

 

Deixe um comentário