Pressionado por norma e IR, lucro do BK é de R$ 41,3 milhões no 4T19

LinkedIn

No dia 19 de fevereiro de 2020, a BK Brasil (BOV:BKBR3) divulgou lucro líquido de R$ 41,3 milhões, valor 50% menor, comparado com os R$ 83,6 milhões do 4T18.

O resultado foi pressionado pela norma IFRS 16, que muda os critérios de contabilização de contratos de arrendamento mercantil. Excluindo-se seu efeito, o lucro seria um pouco maior: R$ 47 milhões.

No quarto trimestre de 2018, a última linha do balanço da BK Brasil foi beneficiada por R$ 30 milhões em imposto de renda diferido – um evento não-recorrente. Isso ajuda a explicar a queda de 50%.

O lucro bruto avançou 12,1% e somou R$ 499,3 milhões.

O EBTIDA do BK Brasil, quando observada a IFRS 16, subiu 42% na comparação e alcançou R$ 154,8 milhões. A margem de ebitda cresceu 410 pontos-base, de 15,2% para 19,3%.

 

 

Deixe um comentário