Azul faz projeção de atingir 60% da capacidade pré-Covid em dezembro

LinkedIn

Azul (BOV:AZUL4) anuncia a projeção de alcançar 60% da capacidade que tinha antes da pandemia até dezembro. Queima média de caixa diário é estimado pela empresa em R$ 3 milhões.

O documento da autarquia faz referência à apresentação institucional referente ao segundo trimestre, datada de 26 de agosto, e o número divulgado em fato relevante datado de 5 de agosto, em que informou uma projeção de recuperação da capacidade de 40% para o mesmo período.

Na resposta ao ofício, a Azul informou que a aparente contradição entre as projeções se deve ao fato de que, em 5 de agosto, os dados citados ainda terem como base a divulgação de resultados do primeiro trimestre, enquanto a apresentação foi preparada com base em dados atualizados, do segundo trimestre.

“A frota da Azul conta com uma flexibilidade como nenhuma outra companhia aérea no Brasil, com aeronaves operando no mercado doméstico que variam de nove a 214 assentos, o que nos permite customizar nossa malha de acordo com a evolução da demanda”, afirmou a empresa em comunicado.

“Estamos confiantes neste progresso apresentado até agora, e esperamos que esse crescimento sequencial da demanda continue, em linha com a retomada da economia”, destacou.

Para o segundo semestre de 2020, a Azul espera uma média de queima de caixa diário de aproximadamente R$3 milhões, sem amortização de dívida programada, como resultado das negociações em andamento com seus parceiros financeiros.

Essa estimativa de consumo de caixa considera entradas de caixa proveniente das vendas, todas as negociações de despesas operacionais, e inclui pagamentos de arrendamento e de juros.

A companhia também estima um pagamento referente à arrendamentos operacionais de aproximadamente R$471 milhões no mesmo período.

Azul registrou prejuízo líquido de R$ 2,94 bilhões no segundo trimestre, com o resultado pressionado pelos efeitos da covid-19 no setor de aviação. Um ano antes, a empresa teve lucro de R$ 351,6 milhões,e m resultado fortemente afetado pelas medidas de isolamento social, além de efeito cambial.

Deixe um comentário