Eletrobras aprova pagamento de dividendo intermediário no valor de R$ 2 bilhões

LinkedIn

O Conselho de Administração da Eletrobras aprovou o pagamento, a título de dividendos intermediários, do valor total de R$ 2.291.888.692,48.

O comunicado foi feito na sexta-feira (29) pela empresa (BOV:ELET3) (BOV:ELET5) (BOV:ELE6).

“A decisão de distribuição dos dividendos intermediários decorre da revisão da situação financeira da companhia e de sua liquidez”, afirmou a Eletrobras em comunicado.

A companhia efetuará o pagamento dos dividendos intermediários em 19 de fevereiro de 2021, aos acionistas que constarem da base acionária de 03 de fevereiro de 2021 (data de corte), sendo que, a partir de 04 de fevereiro de 2021, inclusive, as ações serão negociadas “ex-direito” aos dividendos intermediários.

“Considerando que se trata da primeira oportunidade de pagamento de dividendos, no ano de 2021, a companhia observará o pagamento prioritário aos acionistas detentores de ações preferenciais das classes “A” e “B”, explicou a estatal.

Dessa forma, os dividendos intermediários serão pagos, por ação, conforme a seguir:

R$ 2,076526491 por ação preferencial da classe “A”;

R$ 1,578642595 por ação preferencial da classe “B”;

R$ 1,435129631 por ação ordinária.

Queda no lucro líquido de R$ 715,8 milhões para R$ 95,7 milhões

A Eletrobras – Centrais Elétricas Brasileiras – divulgou lucro líquido de R$ 95,7 milhões no terceiro trimestre de 2020, recuando mais de sete vezes. Segundo a estatal, a queda ocorreu pelo aumento das provisões por redução na geração de energia, por processos judiciais e de contratos onerosos.

Essa é a pior queda trimestral no lucro e no Ebitda em pelo menos três anos.

Deixe um comentário