Banco do Brasil leiloará imóveis urbanos e rurais com até 40% de desconto

LinkedIn

O Banco do Brasil fará três leilões on-line, por meio da plataforma Lance no Leilão. Na próxima quinta-feira (18), pessoas físicas e empresas poderão comprar imóveis urbanos e rurais com até 40% nos lances iniciais.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:BBAS3) neste domingo (14).

Os lances serão recebidos exclusivamente on-line, às 11h, às 14h e às 14h30 de quinta-feira. Serão vendidos imóveis no Distrito Federal e nos seguintes estados: Bahia, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Piauí, Roraima, Santa Catarina e São Paulo. Estão sendo ofertadas casas, apartamentos, prédios, salas comerciais, fazendas e terrenos.

Os lances mínimos variam entre R$ 77 mil e R$ 27,5 milhões. As pessoas físicas e jurídicas interessadas devem cadastrar-se no portal Lance no Leilão com até 24 horas de antecedência. O edital completo das ofertas, assim como a relação dos imóveis a serem leiloados, está disponível no portal.

A compra pode ser feita à vista ou por financiamento, exceto no caso de imóveis rurais, que exigirão pagamento à vista.

Ofertas

No primeiro leilão, às 11h, serão vendidos lotes no Distrito Federal, no Paraná e em São Paulo. Segundo o BB, o principal destaque dessa rodada será uma mansão no Setor Park Way, próxima ao Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek, em Brasília, com 1,3 mil metros quadrados de área construída.

No leilão das 14h, serão ofertados prédios próximos ao Porto de Santos (SP), com a garantia de locação, pelo próprio BB, de sete dos 13 andares do patrimônio, com lance mínimo de R$ 12 milhões. O evento das 14h30 contempla, na maioria, lotes de fazendas e terrenos rurais distribuídos na Bahia, em Goiás, no Piauí, em Santa Catarina, em São Paulo e em Roraima.

Os compradores poderão, em alguns casos, fazer visitas presenciais mediante agendamento. O Banco do Brasil ficará responsável pela quitação de eventuais valores de IPTU, ITR, CCIR, laudêmio (taxa de transação para a União) e de condomínio até a efetivação do registro da transferência do imóvel ao arrematante.

Lucro do BB soma R$ 13,8 bilhões em 2020, queda de 22,2%

Banco do Brasil (BB) registrou lucro líquido ajustado de R$ 13,884 bilhões em 2020, queda de 22,2% em relação a 2019 com impacto da pandemia.

Os resultados do Banco do Brasil referente a suas operações do quarto trimestre de 2020 foram divulgados no dia 11/02/2021. Confira o Press Release completo!

⇒ Confira a agenda completa da divulgação dos resultados do 4T20 e referente ao ano de 2020. Confira a cobertura completa de todos os balanços referente ao ano de 2020 das empresas negociadas na B3.

Segundo o BB, o lucro foi influenciado, principalmente, pelo aumento da PCLD ampliada em 47,6%, impactada, principalmente, pela antecipação de provisões prudenciais que somaram R$ 8,1 bilhões. Apesar disso, o Resultado Estrutural cresceu 5,9% o que demonstra a resiliência do desempenho operacional no período.

Destaques positivos em 2020 foi o aumento da margem financeira bruta em 5,1%, Despesas Administrativas estáveis com variação de 0,1% e queda do risco legal em 51,1%. O RSPL foi de 12,0%.

(Informações Eu Quero Investir)

Deixe um comentário