BR Properties fecha venda de 2 empreendimentos para o fundo Core Metrópolis, por R$ 63,7 milhões

LinkedIn

BR Properties celebra Contrato de Compra e Venda de Quotas e Promessa de Compra e Venda de Imóveis e Outras Avenças, em caráter irrevogável e irretratável, com Core Metropolis Fundo de Investimento Imobiliário, tendo por objeto a alienação dos seguintes edifícios comerciais: 100 % da participação da Companhia dos Edifícios Souza Aranha I e Souza Aranha II, localizados na cidade e estado de São Paulo, e 100% do Edifício Porto Alegre, localizado na cidade de Porto Alegre, Estado do Rio Grande do Sul pelo valor total de R$ 63.718.500,00.

O fato relevante foi feito pela empresa (BOV:BRPR3), nesta quinta-feira (25). Confira o comunicado na íntegra.

A efetivação da transação prevista no Contrato está sujeita à superação de determinadas condições precedentes pelas Partes.

A potencial alienação dos Imóveis segue a estratégia desenhada pela Companhia nos últimos anos, visando, entre outros objetivos, reciclar parte de seu portfólio, além de manter continuamente o processo de otimização de sua estrutura de capital.

A Companhia manterá seus acionistas e o mercado em geral informados sobre a evolução da transação.

→ A BR Properties é uma empresa de investimento em imóveis comerciais de renda do Brasil. Confira a análise completa da empresa com informações exclusivas.

VISÃO DO MERCADO

Guide Investimentos

De acordo com Luis Sales, analista de empresas o impacto é Positivo. A venda dos ativos faz parte de sua estratégia de reciclar parte de seu portfólio, e ainda manter continuamente o processo de otimização de sua estrutura de capital.

 

Lucro líquido de R$ 16,3 milhões, no 3T20

O resultado da BR Properties no terceiro trimestre de 2020 revela uma queda de 36% no lucro líquido na comparação anual, ficando em R$ 16,3 milhões.

No entanto, o lucro líquido ajustado (FFO) cresceu 138%, o que representa um montante de R$ 48,7 milhões no trimestre avaliado. A margem FFO chegou ao patamar recorde de 62%.

Os resultados da BR Properties referentes às suas operações do terceiro trimestre de 2020 foram divulgados no dia 04/11/2020.

O Ebitda (que se refere ao lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado ficou em R$ 58,7 milhões no 3T20, um aumento de 7%. A margem Ebitda no trimestre foi de 75%, uma alta de 2 pontos percentuais.

A receita líquida da BR Properties totalizou R$ 78,6 milhões, queda de 18% quando comparado ao resultado do 3T19, um reflexo da redução das taxas de vacância no período. Mas, quando comparada à mesma base de propriedades, a receita líquida subiu 5%.

Deixe um comentário