JBS aprova o cancelamento do saldo das ações no montante total de 112 milhões de ações ordinárias

LinkedIn

A JBS  aprova o cancelamento do saldo das ações mantidas em sua tesouraria nesta data, no montante total de 112.237.876 ações ordinárias, sem valor nominal, de emissão da Companhia, sem redução do valor do capital social.

O fato relevante foi feito pela companhia (BOV:JBSS3), nesta quarta-feira (24). Confira o comunicado na íntegra.

Em função do cancelamento de ações deliberado, o capital social da Companhia passou a ser dividido em 2.511.135.770 ações ordinárias, todas nominativas, escriturais e sem valor nominal. Dessa forma, o artigo 5º do Estatuto Social da Companhia, que versa sobre o capital social da Companhia, deverá ser ajustado na Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária a ser realizada no dia 28 de abril de 2021.

A administração da JBS ressalta que o atual plano de recompra de ações continua vigente, respeitado os limites de manutenção em tesouraria de 10% (dez por cento) das ações em circulação no mercado, nos termos do artigo 8º da Instrução CVM nº 567/15

Lucro líquido de R$ 4,6 bilhões em 2020, queda de 24,2%; No 4T20, lucro dispara 65%

Em 2020, o lucro líquido da JBS totalizou R$ 4,6 bilhões, o que significa uma redução de 24,2% em relação aos R$ 6 bilhões do ano anterior. Essa queda, porém, reflete o prejuízo não caixa do primeiro trimestre, quando a alta do dólar pesou sobre o valor das dívidas em moeda estrangeira. Não fosse isso, o resultado da companhia brasileira de carnes teria ficado perto dos R$ 10 bilhões.

A JBS encerrou o quarto trimestre de 2020 com lucro líquido de R$ 4,019 bilhões, ou R$ 1,53 por ação, 65,0% maior do que o lucro de R$ 2,435 bilhões verificado em igual período de 2019.

Deixe um comentário