Porto Seguro aprova a distribuição de dividendos e JPC no valor de R$ 844 milhões

LinkedIn

A Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária da Porto Seguro aprovou a distribuição de dividendos relativos ao exercício de 2020 no valor de R$ 844.095.500,09, correspondendo a R$ 2,638424289, para cada ação emitida pela companhia.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:PSSA3), nesta quarta-feira (31). Confira o documento na íntegra.

Esse provento é compostos por:

Juros sobre o capital próprio (JCP) no valor líquido de R$ 318.382.155,19 conforme deliberado pelo conselho de administração em 24 de junho de 2020. O valor líquido por ação de 0,50988193190 foi creditado contabilmente em 29 de junho de 2020 aos acionistas registrados na referida data. No dia 30 de outubro de 2020 foi creditado contabilmente, em valores líquidos, o valor de 0,47884271341 por ação;

Dividendos completando o valor do dividendo mínimo obrigatório relativo ao exercício de 2020 no valor de R$ 82.415.458,41 correspondendo a R$ 0,25760941409 para cada ação, os quais serão creditados contabilmente aos acionistas nesta data (31 de março), conforme posição acionária registrada nesta data. As ações emitidas pela companhia serão negociadas ex-direito aos dividendos complementares a partir de 1º de abril de 2021.

-dividendos adicionais ao mínimo obrigatório relativo ao exercício de 2020, no valor de R$ 443.297.886,49 correspondendo a R$ 1,38563457646 por ação emitida pela companhia, os quais serão creditados contabilmente aos acionistas nesta data (31 de março), com base na posição acionária desta data. As ações emitidas pela companhia serão negociadas ex-direito aos dividendos adicionais a partir de 1º de abril de 2021.

A assembleia aprovou os pagamentos nos seguintes termos:

(i) em 12 de abril de 2021 será realizado o pagamento correspondente a 65% do valor líquido dos proventos a serem distribuídos, equivalente ao montante de R$ 548.662.075,06 incluindo: a totalidade dos JCP, já creditados contabilmente aos acionistas, no valor líquido de R$ 318.382.155,19; a totalidade dos dividendos distribuídos para completar o dividendo mínimo obrigatório no valor de R$ 82.415.458,41; e parte dos dividendos adicionais ao dividendo mínimo obrigatório, no valor de R$ 147.864.461,46; e

(ii) considerando as incertezas do mercado, o cenário ainda desafiador e para proteção da liquidez e do caixa da companhia, até o dia 30 de outubro de 2021, será realizado o pagamento correspondente a 35% do valor líquido dos proventos a serem distribuídos, relativo ao saldo dos dividendos adicionais ao dividendo mínimo obrigatório, no montante de R$ 295.433.425,03.

Lucro líquido de R$ 1,69 bilhão em 2020, com alta de 22,3% e queda na sinistralidade

A Porto Seguro teve lucro líquido de R$ 1,695 bilhão em 2020, resultado 22,3% superior ao do ano anterior. No quarto trimestre, o ganho líquido foi de R$ 409,2 milhões, alta de 10,3%. O resultado foi beneficiado por prêmios melhores e menor sinistralidade.

Em 2020, a sinistralidade total atingiu 47,5%, queda de 5,3 pontos percentuais em relação ao ano antecedente. No quarto trimestre, a sinistralidade total ficou em 49,5% — queda de 3,7 pontos percentuais contra o mesmo período de 2019.

Os prêmios, que a Porto Seguro recebe ao assinar um contrato com o segurado, teve crescimento de 2,2% nos prêmios emitidos em 2020, que somaram R$ 15,804 bilhões, mesmo em meio aos efeitos da pandemia no mercado segurador. No quarto trimestre, o valor cresceu 8,5%, atingindo R$ 4,5 bilhões.

receita total da seguradora avançou para R$ 5,3 bilhões no último trimestre de 2020, ante R$ 4,9 bilhões em 2019, alta de 6,9%. No consolidado do ano, a receita foi de R$ 18,8 bilhões, ante R$ 18,2 bilhões em 2019.

Deixe um comentário