Alupar define em R$ 25,50 units oferta secundária do FI-FGTS, em distribuição que movimentou R$ 896 milhões

LinkedIn

A Alupar definiu em R$ 25,50 o preço de suas Units no âmbito da oferta secundária de ações que eram detidas pelo Fundo de Investimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FI-FGTS). O valor é o mesmo do fechamento de terça (20). Foram colocadas no mercado 35.162.754 Units, e a distribuição movimentou R$ 896,650 milhões, valor que será embolsado pelo FI-FGTS.

O fato relevante foi feito pela empresa (BOV:ALUP11) nesta quarta-feira (21). Confira o comunicado na íntegra.

Cada Unit da Alupar é composta por uma ação ordinária e duas preferenciais. No começo de abril, de acordo com dados da B3, o FI-FGTS era um dos maiores acionistas da empresa, com 12% do capital social. Essa participação foi integralmente vendida no follow on.

A oferta teve esforços restritos de colocação, e o coordenador líder foi o Itaú BBA. Também fizeram parte do sindicato de bancos a Caixa Econômica Federal (administradora do FI-FGTS), o Bank of America e o JPMorgan, e houve esforços de colocação no exterior. A liquidação da oferta acontece na próxima segunda (26).

A Alupar pretende divulgar os resultados do 1T21 no dia 10 de maio.

Lucro líquido de R$ 910,8 milhões em 2020, alta de 2,3%

A Alupar registrou lucro líquido de R$ 910,8 milhões em 2020, alta de 2,3% em comparação aos R$ 890,3 milhões de 2019.

No 4T20, a empresa registrou lucro líquido de R$ 478,4 milhões no quarto trimestre de 2020, montante quase três vezes maior do que os R$ 166,3 milhões registrados em igual período de 2019.

Deixe um comentário