Bom dia ADVFN - Dados sobre emprego e leilão da Cedae na agenda

LinkedIn

Esse é o Bom dia, Investidor!  30 de Abril de 2021, com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!

Bolsas mundiais: os índices futuros de Nova York operam no negativo no momento, as ações asiáticas recuaram com repressão antitruste da China e europa opera com leva alta.

Na Ásia, as principais bolsas recuaram nesta sexta-feira, com a repressão antitruste da China pesando sobre as empresas de tecnologia. Hong Kong liderou as perdas na Ásia e um indicador do Morgan Stanley para a região da Ásia-Pacífico se dirigiu para sua primeira queda em três dias. Os reguladores chineses impuseram restrições abrangentes às divisões financeiras de 13 empresas, incluindo Tencent Holdings e a ByteDance , em um esforço cada vez maior para controlar os gigantes da indústria de tecnologia. A divulgação do PMI da China também reduziu o apetite ao risco, apontando para uma expansão mais lenta da atividade.

Na Europa, o mercado opera com altas moderadas. Os investidores estão reagindo à divulgação de resultados e dados econômicos, que superaram as expectativas. O índice Eurostoxx, que reúne as ações de 600 empresas de todos os principais setores de 17 países europeus, cai 0,03% no momento. O banco Barclays reportou lucro líquido de 1,7 bilhão de libras pela primeira vez para um primeiro trimestre, acima da estimativa de 1,3 bilhão de libras. A farmacêutica britânica AstraZeneca teve alta de quase 3% mais cedo, após anunciar que sua vacina contra a Covid, desenvolvida em parceria com a Universidade de Oxford, adicionou o equivalente a US$ 275 milhões em vendas no primeiro trimestre.

Nos Estados Unidosos índices futuros americanos apresentam leves quedas, apesar de a gigante de e-commerce Amazon ter reportado um lucro recorde para o primeiro trimestre, de US$ 8,1 bilhões, mais do que triplicando o valor e acima da expectativa de analistas. As vendas no trimestre subiram 44%, a US$ 108 bilhões, em mais um indício de retomada da demanda nos Estados Unidos. No entanto, a plataforma de mídia social Twitter teve crescimento do número de usuários abaixo do esperado, e compartilhou uma guidance para receita para o segundo trimestre abaixo do esperado. Os títulos do Tesouro e o dólar permaneceram estáveis, enquanto o rendimento dos títulos alemães pairam em torno do nível mais alto em mais de um ano. Os mercados de ações podem estar prontos para uma pausa após um mês de bons ganhos. Os investidores estão buscando mais apoio para a recuperação dos EUA depois que o presidente Joe Biden revelou um pacote social de US $ 1,8 trilhão, além de seus planos de infraestrutura.

==> Acompanhe os mercados mundiais pela ADVFN (aqui)

Os futuros internacionais de petróleo WTI (NYMEX:CL\M21) estão sendo negociados a US$ 64,07, com baixa de 1,45%. O Brent (NYMEX:BZ) opera em baixa de 1,20%, negociado a US$ 67,23.

Bitcoin (COIN:BTCUSD) é negociado a US$ 54.435,98 (-0,43). O ouro (COMEX:GC\M21) é negociado a US$ 1.767,05 por onça-troy (-0,08%).

⇒ Bitcoin – Acompanhe o Mundo Cripto na ADVFN

Minério de ferro: Contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa de Dalian com queda de 3,74%, cotados a 1088,5 iuanes, equivalente hoje a US$ 168,31.

Coronavírus

O mundo bateu na quinta-feira (29) recorde de casos novos registrados em 2021 com 905.992 infecções em apenas um dia. Os dados são do painel de monitoramento da Covid-19 da Universidade Johns Hopkins. A alta de infecções foi puxada pela Índia, que há uma semana bate recordes consecutivos de casos registrados em 24 horas – ontem, foram 379.257 novos casos de Covid-19 e 3.645 novas mortes. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, o país, que também enfrenta com a incidência de uma nova variante, foi responsável por 38% dos casos globais de coronavírus na semana passada.

Pfizer exporta pela primeira vez vacina contra covid produzida nos EUA, começando com o México.O governo americano tem estado sob crescente pressão nas últimas semanas para fornecer vacinas excedentes a outros países que precisam com urgência dos imunizantes.

O mundo registra 149.937.907 de casos de coronavírus e 3.156.263 mortes, confirmadas pela Universidade Johns Hopkins.

Painel Vacinas Covid-19 Brasil:  Doses Distribuídas pela União: 57.966.218. Doses aplicadas: 41.656.118.

Brasil registrou 400.006 óbitos causados pelo novo coronavírus. Trinta e seis dias atrás, em 24 de março, o país superava as 300 mil mortes. Desde o início da pandemia, o país já acumula 14.547.746 casos confirmados da doença. Na quinta-feira (29), o país teve 3.001 mortes e 69.389 novos casos de Covid-19 em 24 horas, segundo dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).

A primeira remessa com um milhão de doses da Pfizer chegou ao Brasil na quinta-feira (29), no aeroporto de Viracopos, em Campinas. O ministro da Saúde Marcelo Queiroga acompanhou a chegada dos imunizantes.

Brasil

O presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antônio Barra Torres, fez um pronunciamento ontem por meio das redes sociais do órgão questionando críticas feitas pelos laboratórios e instituições responsáveis pelo desenvolvimento da vacina Sputnik V. O pedido de importação de 66 milhões de doses do imunizante foi negado na segunda-feira (26). A Anvisa apontou uma série de problemas, entre eles, a presença ou não de adenovírus com capacidade de replicação no corpo dos pacientes que receberem doses da vacina. Ontem pela manhã, a conta oficial dos responsáveis pela vacina no Twitter comunicou a intenção de judicializar a análise feita pela agência brasileira. “Após a admissão do regulador brasileiro Anvisa de que não testou a vacina Sputnik V, a Sputnik V está iniciando um processo judicial de difamação no Brasil contra a Anvisa por espalhar informações falsas e imprecisas intencionalmente”, diz a mensagem.

Poderes

 O Senado aprovou ontem (29) um projeto de lei (PL) que permite a quebra temporária de patentes de vacinas contra a covid-19. A proposta provocou muita discussão e dividiu a opinião dos senadores durante a sessão. O projeto teve 55 votos favoráveis e 19 contrários. Texto segue para a Câmara dos Deputados. Na prática, os donos de patentes ficam obrigados a ceder ao poder público, se esse assim solicitar, todas as informações necessárias para a produção de vacinas e medicamentos de enfrentamento à covid-19. O relator da proposta, senador Nelsinho Trad, (PSD-MS), explicou que o governo federal terá 30 dias para a regulamentação, elaborando uma lista das patentes e pedidos de patentes sujeitos ao licenciamento compulsório.

CPI da Covid: Comissão convoca ministros da gestão Bolsonaro – Na próxima terça-feira, o colegiado vai ouvir os ex-ministros Luiz Henrique Mandetta, pela manhã, e Nelson Teich no período da tarde. Na quarta, parlamentares reservaram o dia todo para o depoimento de Eduardo Pazuello, um dos mais aguardados. No dia seguinte, será a vez do atual ministro Marcelo Queiroga.

Justiça

O Tribunal Especial Misto julga hoje o processo de impeachment contra o governador afastado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel. A sessão está marcada para começar às 9h e fontes do Tribunal de Justiça que abrigará a sessão estimam que ela pode durar até 10 horas.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, reafirmou nesta quinta-feira, 29, sua posição contrária à regra que prevê a extensão do prazo de patentes concedidas pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI). Apesar da leitura de seu voto ter previsão de acabar só na próxima semana, o ministro já antecipou como irá se posicionar. Toffoli sugere ampliar os efeitos da decisão e barrar a previsão de prorrogação para todas as patentes, e não apenas de farmacêuticos e de equipamentos de uso em saúde.

Economia

Está marcado para a tarde desta sexta o leilão da Cedae, Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro, na maior concessão de infraestrutura do país. O certame ocorre após batalha judicial travada pelo governo do Rio. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) dividiu o leilão em quatro blocos, que somam uma outorga mínima de R$ 10,6 bilhões ao estado e aos municípios. A concessão prevê investimentos de R$ 30 bilhões ao longo de 35 anos de concessão.

O secretário do Tesouro, Bruno Funchal, afirmou na quinta-feira que o julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF) acerca dos efeitos de alcance de decisão de 2017 de excluir o ICMS da base de cálculo do PIS/Cofins representa um dos maiores riscos fiscais que a União enfrenta. Segundo o Tesouro, o impacto pode chegar a 258,3 bilhões de reais.Em coletiva de imprensa virtual para comentar os dados do governo central para o mês de março, Funchal afirmou que a melhor modulação da decisão passa pelo adiamento do impacto da medida de forma a dar tempo para que se discuta uma reforma tributária que possa lidar com esse contencioso.“É um risco fiscal grande, acho que é um dos maiores riscos fiscais que a gente tem, que vai ter uma repercussão muito significativa”, disse Funchal. No julgamento, que está na pauta do STF de quinta, mas que só deverá começar a ser julgada na próxima quarta, o Supremo vai decidir se a exclusão do tributo estadual ICMS só valerá a partir da decisão do recurso ou se os contribuintes terão direito a compensações por valores recolhidos no passado.

Agenda Econômica

Destaque para os dados de emprego, com números oficiais da PNAD Contínua do IBGE. O PNAD pode mostrar uma alta na taxa de desemprego, de 14,2% em janeiro para 14,5% em fevereiro, segundo a LCA Consultores. O Banco Central divulga notas sobre o Resultado do Setor Público Consolidado. Lá fora, destaque para o PIB da zona do Euro e os dados de inflação de março dos EUA e da Europa.

🗓 AGENDA ECONÔMICA 🗓

:de: Produto Interno Bruto trimestral e anual (03h00) :star:
🇪🇺 Índice de preços ao consumidor mensal (06h00):star:
🇪🇺 Variação do PIB anual (06h00):star:
🇪🇺 Taxa de desemprego mensal (06h00):star:
🇧🇷 Pesquisa PNAD continua mensal (09h00) :star:
🇧🇷 Resultado primário e nominal do setor público consolidado mensal (09h30)
🇧🇷 Relação dívida publica e líquida/PIB mensal (09h30)
:us: Renda e gastos pessoais mensal (0930)
:us: Índice de preços PCE mensal e anual (09h30)
:us: Confiança do consumidor Michigan mensal (11h00)
:us: Contagem de Sondas Baker Hughes (15h00)
Ibovespa e dólar no último pregão:

Ibovespa:  

Referência do mercado brasileiro, o índice encerrou o dia em baixa de -0,82%, aos 120.065,75 pontos, na mínima o Ibovespa ficou em 119.702,87 e na máxima 121.497,89 pontos. O volume financeiro somou R$ 31,5 bilhões. O índice sofreu com o recuo dos bancos, que dispararam na véspera com o impulso dos resultados do Santander. Os ruídos políticos em torno da recomposição do orçamento em Brasília também voltaram a pesar sobre as ações. Entre os papéis mais negociados, o Itaú PN caiu 3%, na leva do setor bancário. Lojas Americanas PN registrou a maior queda percentual do dia, recuando mais de 5%, após anunciar fusão com a B2W e a criação da americanas s.a.

Maiores altas do Ibovespa

BTOW3: +7,69% a R$ 68,33
ECOR3: +4,55% a R$ 12,18
SBSP3: +4,36% a R$ 42,80
PCAR3: +3,91% a R$ 39,05
HGTX3: +2,67% a R$ 28,05

Maiores baixas do Ibovespa

LAME4: -5,17% a R$ 21,46
EMBR3: -4,31% a R$ 15,10
SANB11: -3,87% a R$ 39,03
BBDC3: -3,40% a R$ 20,75
ITUB4: -3,15% a R$ 27,32

Dólar    

dólar comercial: encerrou o dia em queda de -0,47% sendo cotado a 5,337 para venda e a R$ 5,335 para compra, na mão contrária de seus pares, que hoje corrigiram a valorização da véspera, o dólar entrou em queda livre ante o real na reta final dos negócios. O movimento, na véspera da formação da Ptax amanhã, estaria associado à rolagem das posições dos futuros para junho, já que não há mudança significativa nos fundamentos para explicar a valorização cambial nesta proporção.

– Retrospectiva Março: primeiro trimestre fecha com 20 empresas em destaque

Ifix   

IFIX , o índice fechou o pregão em alta de 0,23%, aos 2.849,01 pontos. A mínima do dia para o índice foi de 2.842,44 pontos, enquanto a máxima bateu em 2.850,48 pontos. No acumulado de abril o índice registra alta de 0,08%, já no ano cai 0,72%. A movimentação financeira para hoje foi de R$ 211,03 milhões.

Fonte: CNN, CNBC, Infomoney, TC, G1, Agência Brasil e BDM, estadão.

Deixe um comentário