Itaú Unibanco e Banco24Horas lançam opção de retirada de dólar e euro em terminais de caixas eletrônicos

LinkedIn

O Itaú Unibanco e o Banco24Horas lançaram a opção de retirada de dólar e euro em terminais da rede de caixas eletrônicos específicos para esse serviço.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:ITUB4) nesta sexta-feira (16).

De saída, os caixas com o serviço estão nos shoppings Villa Lobos e Pamplona, na capital paulista, e disponíveis para clientes do Itaú Personnalité. Outros dois shoppings na cidade devem receber o equipamento nas próximas semanas.

Segundo o superintendente de câmbio do Itaú Unibanco, Ricardo Santos, o banco vinha percebendo uma demanda de clientes que viajam para o exterior e querem um serviço mais ágil e disponível do que os das agências de câmbio, por exemplo.

“Às vezes o comprador consulta a taxa de câmbio e, quando chega para comprar, ela já mudou”, disse ele.

O plano do Itaú é estender o serviço para todos os seus correntistas mais adiante, não apenas os do Personnalité, e diz que as taxas também serão de 15% a 20% menores do que as cobradas nas agências de câmbio e turismo.

Os caixas do serviço têm notas de 100 dólares ou euros, e o limite é de até 5 mil por transação. Antes de realizar o saque, o solicitante precisa requerer o saque pelo aplicativo do banco. Depois, o valor pode ser sacado imediatamente em até 5 dias úteis. A autenticação é feita via biometria.

De acordo com Vitor Chiavelli, diretor de desenvolvimento de negócios da TecBan, dona do Banco24Horas, o plano inicial era lançar o serviço no ano passado, mas foi postergado devido à pandemia da Covid-19, que praticamente zerou as viagens de brasileiros ao exterior nos últimos 12 meses.

“Também por isso, a expansão do serviço para shoppings e aeroportos em outras regiões do país por ora está suspenso”, disse Chiavelli.

Segundo ele, porém, o objetivo é abrir o serviço também para clientes de outros bancos mais adiante, dentro da estratégia da empresa de ampliar a oferta de serviços do Banco24Horas.

O Itaú Unibanco pretende divulgar os resultados do 1T21 no dia 03 de maio.

Lucro líquido de R$ 294,9 milhões em 2020, alta de 40% em relação ao ano anterior

A desenvolvedora de softwares TOTVS registrou lucro de R$ 294,9 milhões em 2020, alta de 40% em relação ao ano anterior. No acumulado do ano, o Ebitda avançou 26,7% ante 2019, para R$ 598,4 milhões, enquanto a margem Ebitda foi de 23,1%, 2,4 pontos percentuais a mais do que o registrado no ano anterior.

A receita líquida no acumulado do ano somou R$ 2,59 bilhões, crescimento de 13,8% em comparação ao ano anterior.

Deixe um comentário