B2W firma acordo com Video Commerce Group para lançamento de plataforma de live commerce no Brasil

LinkedIn

A B2W firmou um acordo comercial com a Video Commerce Group, plataforma mobile de social commerce com escritórios em Xangai e Oxford, para o lançamento de uma plataforma de live commerce no Brasil.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:BTOW3), nesta terça-feira (04). Confira o documento na íntegra.

Lançada em 2020 por Sam Jones (ex-Managing Director da Wish) e Eric Zhang (ex-TikTok e Musical.ly) a OOOOO rapidamente se tornou um sucesso, principalmente entre os consumidores mais jovens (Geração Z), sendo o app de compras mais baixado da Inglaterra nos últimos meses. Com o conceito de “entertainment first, shopping later”, a plataforma OOOOO é uma alternativa ao modelo tradicional de varejo, conectando marcas, criadores e compradores através de vídeos interativos.

“A parceria vai permitir a aceleração das verticais de advertising e entretenimento da companhia, incluindo a Americanas ao Vivo, que foi lançada em 2020, trazendo para o Brasil o modelo de live commerce, de comprovado sucesso em outros países (já representando 10% das vendas de eCommerce na China)”, explicou a B2W em um comunicado.

Segundo a companhia, com menos de 1 ano de operação, a Americanas ao Vivo já registrou mais de 200 milhões de visualização e tem se destacado pelos altos níveis de engajamento, com uma conversão muito maior que a média do site.

“A nova plataforma terá integração com o ecossistema completo da B2W, oferecendo a melhor experiência da internet brasileira para os usuários, e também um app especializado em social commerce, que será lançado em maio/21”, afirmou.

Ainda segundo a empresa, o acordo prevê a exclusividade do uso da tecnologia e da plataforma da OOOOO pela B2W no Brasil, incluindo também a possibilidade da formação de uma joint-venture entre as partes, para desenvolvimento contínuo das operações no país.

A empresa pretende divulgar os resultados do 1T21 no dia 06 de maio.

⇒ Confira a agenda completa da divulgação dos resultados do 1T21

B2W (BTOW3): prejuízo líquido de R$ 203,8 milhões em 2020 considerando os efeitos da consolidação da transportadora da B2W Digital

Dona dos sites Americanas.com e Submarino, a B2W registrou prejuízo líquido de R$ 203,8 milhões no ano de 2020, queda de 48% no comparativo anual. Os números consideram os efeitos da consolidação da transportadora da B2W Digital.

O Ebitda anual foi de R$ 950,2 milhões, alta de 58,3%, enquanto a margem Ebtida teve alta de 0,4 pontos percentuais, para 9,4%.

A receita somou R$ 10,1 bilhões em 2020, alta de 52%, enquanto a receita bruta registrou alta anual de 50,7%, para R$ 12,59 bilhões.

Entre janeiro e dezembro o GMV (volume bruto de mercadoria) avançou 47,6%, para R$ 27,7 bilhões.

4T20

Com a disparada das vendas online durante a pandemia de coronavírus, a B2W (BTOW3) registrou lucro líquido de R$ 15,6 milhões no quarto trimestre de 2020. No mesmo período do ano anterior, a companhia havia registrado prejuízo de R$ 22,3 milhões.

O Ebitda ajustado – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – ficou em R$ 385,7 milhões no período, uma alta de 51,7% frente ao registrado de outubro a dezembro de 2019. A margem Ebitda manteve-se praticamente estável entre os trimestres, passando de 11,5% para 11,6%

Deixe um comentário