Sanepar: Governador do Estado do Paraná decretou situação de emergência hídrica nas regiões metropolitana de Curitiba

LinkedIn

A  Sanepar informou que o Governador do Estado do Paraná decretou situação de emergência hídrica nas Regiões Metropolitana de Curitiba e Sudoeste do estado, tendo em vista a redução do volume de água disponível para captação para o consumo humano e dessedentação de animais, causada pela estiagem.

O fato relevante foi feito pela empresa (BOV:SAPR3) (BOV:SAPR4) (BOV:SAPR11), nesta quarta-feira (05). Confira o comunicado na íntegra.

O Instituto Água e Terra (IAT) realizará ações emergenciais destinadas ao abastecimento público priorizando as demandas das prestadoras de serviço com esta finalidade. As prestadoras de serviço de saneamento estão autorizadas a executar rodízio de 24 horas, com prazo para normalização de até mais 24 horas como ação mitigadora.

O Decreto nº 7554, de 04/05/2020, vigorará pelo prazo de 90 dias, podendo ser revisto a qualquer momento, a depender da evolução da situação.

A  Sanepar pretende divulgar os resultados do 1T21 no dia 13 de maio.

⇒ Confira a agenda completa da divulgação dos resultados do 1T21

Lucro da Sanepar cai 7,7% em 2020, para R$ 996,3 milhões

Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) registrou lucro de R$ 996,3 milhões em 2020, queda de 7,7% em relação ao ano anterior (R$ 1,080 bilhão).

A Sanepar explicou que a queda no lucro de 2020 aconteceu ” devido à queda dos volumes faturados, de água e esgoto, à postergação do reajuste tarifário e indenizações do PAI”.

Em 2020, a receita operacional líquida da companhia aumentou 1,6% ante 2019, para R$ 4,8 bilhões. Já o Ebtida caiu 2% em comparação com 2019, para R$ 1,932 bilhão.

Deixe um comentário