Santos Brasil celebra com a SPA o Contrato de Transição para a exploração de instalação portuária

LinkedIn

A Santos Brasil comunica que no âmbito do Edital de Processo Seletivo Simplificado n° 02/2020, conduzido pela Santos Port Authority (“SPA”), nova denominação de Companhia Docas do Estado de São Paulo, celebrou com a SPA, na presente data, o Contrato de Transição DIPRE/DINEG/11.2021, para a exploração, de instalação portuária medindo cerca 64.412m2, localizada na região do Saboó, na Margem Direita do Porto de Santos, pelo prazo de 180 dias, contado a partir de 13 de maio de 2021.

O fato relevante foi feito pela companhia (BOV:STBP3), nesta quinta-feira (13). Confira o comunicado na íntegra.

Além disso, a Companhia celebrou com a SPA, em 10 de maio de 2021, o Contrato de Transição DIPRE/DINEG/12.2021, cujo objeto contratual é o arrendamento transitório de instalação portuária medindo cerca de 42.000m2, também localizada na região do Saboó, na Margem Direita do Porto de Santos, que continuará a ser explorada pela Companhia, em caráter transitório, pelo prazo adicional de 180 dias, contado a partir de 11.05.2021.

A Companhia movimentará, nas referidas instalações portuárias, cargas de projeto e geral, conteinerizada ou não. Os Contratos de Transição firmados reforçam a presença da Companhia no Porto de Santos, inclusive na Margem Direita, e ampliam a gama de serviços ofertados aos seus clientes e aos usuários do porto.

A Companhia manterá os seus acionistas e o mercado em geral devidamente informados e atualizados, caso novos eventos materiais sobre o tema se sucedam.

Santos Brasil (STBP3): lucro líquido de R$ 30,9 milhões no 1T21, revertendo prejuízo

A Santos Brasil registrou lucro líquido de R$30,9 milhões no 1T21, revertendo o prejuízo líquido de R$13,3 milhões no 1T20.

receita líquida consolidada da Santos Brasil somou R$314,6 milhões no 1T21, crescimento de 40,6% em relação ao 1T20, em especial, puxada pelo acentuado crescimento no volume de movimentação de contêineres nos terminais portuários;

ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – de R$106,1 milhões no 1T21, 175,6% superior ao 1T20, com margem de 33,7%. A maior contribuição ao crescimento do ebitda é oriunda das operações do Tecon Santos. Em base recorrente, o ebtida foi de aproximadamente R$100 milhões, crescimento de 174,7%, com margem de 31,7%;

No terminal de contêineres em Santos, principal negócio do grupo, a movimentação teve alta de 22% no trimestre, com um total de 285 mil contêineres movimentados. O crescimento foi impulsionado tanto pelas exportações, que seguiram fortes, quanto pelas importações, que vêm em alta desde o fim de 2020, quando indústria e varejo passaram a repor seus estoques com maior intensidade. Em seu relatório, a companhia destacou as importações dos setores automobilístico, químico, farmacêutico e de bens consumo.

A fatia de mercado da empresa dentro do Porto de Santos também cresceu, de 36,1%, no primeiro trimestre de 2020, para 39,2%, neste ano.

No 1T21, a Santos Brasil consolidou a trajetória, iniciada ainda no 4T20, de retomada dos volumes operados e aumento de receita em todas as suas linhas de negócio, aliado a um mix de carga balanceado, principalmente no Tecon Santos, contribuindo para que a Companhia registrasse o seu melhor resultado histórico – medido pelo ebtida – em um dado 1º Trimestre, à exceção daquele apurado no 1º Trimestre de 2013

Deixe um comentário