Membros de BoJ esperam recuperação econômica mais rápida, diz ata

LinkedIn

Os membros do Conselho do Banco do Japão (BoJ) concordaram que o ritmo de recuperação da economia do país pode ser mais rápido do que o esperado anteriormente devido aos estímulos de outros países e com avanços na vacinação contra covid-19, de acordo com a ata da reunião dos dias 26 e 27 de abril.

“Os membros concordaram que, com as medidas econômicas conduzidas particularmente em economias avançadas, como aquelas em resposta ao impacto da covid-19, o ritmo de recuperação nas economias doméstica e estrangeiras pode ser mais rápido do que o esperado”, diz a ata.

Um membro observou que “a economia poderia ser impulsionada significativamente após a redução da covid-19, principalmente devido à materialização da demanda reprimida no consumo”.

Os membros reconheceram ainda que o impacto da covid-19 deve diminuir, principalmente devido ao lançamento de vacinas, ao mesmo tempo em que alertaram que “o ritmo dessa implementação e os efeitos das vacinas acarretavam incertezas e, portanto, havia o risco de que a pressão sobre a atividade econômica aumentaria”.

Na reunião de abril, BoJ manteve sua política monetária inalterada, com a taxa de depósitos em -0,1% e a meta para juros de 10 anos perto de zero, em meio a um novo estado de emergência devido à pandemia de covid-19, e estimou inflação bem abaixo da meta de 2% nos próximos anos.

“Embora demore mais do que o período de projeção atual [até março de 2024], nossa meta de inflação de 2% é alcançável por meio de uma forte flexibilização contínua sob o programa atual, que se tornou mais sustentável”, disse na ocasião o presidente do BoJ, Haruhiko Kuroda, em coletiva de imprensa.

(Com informações do Estadão, TC e Agencia CMA)

Deixe um comentário