Neoenergia aprova contratação de linhas de financiamento no valor de até R$ 400 milhões

LinkedIn

A Diretoria Executiva da Neoenergia reuniu-se para tomaram conhecimento sobre o seguinte assunto: Captação Ponte Neoenergia

O comunicado foi feito pela companhia (BOV:NEOE3), na terça-feira (22). Confira o documento na íntegra.

A Diretoria tomou conhecimento da apresentação realizada pelo Diretor Executivo Financeiro e de Relações com Investidores, Sr. Leonardo Gadelha, e aprovou a contratação de linhas de financiamento para Neoenergia , com as características abaixo:

• Instrumento: 4131 com Swap e cessão fiduciária do Swap e/ou Nota Promissória e/ou outro instrumento que financie as companhias em melhores condições

• Contraparte: BNP e/ou Citi e/ou Bradesco e/ou outra instituição financeira que financie a companhia em melhores condições

• Garantia: clean

• Volume: até R$ 400 milhões, com possibilidade de alocação de R$ 200 milhões por contraparte

• Prazo: até 6 meses

• Covenants: 4x DL/EBITDA – apurado semestralmente Ainda, como a operação estará ancorada na Lei de Nova York, faz-se necessária a contratação de escritório para validar as bases jurídicas do Contrato frente a essa legislação.

Após a coleta de preços realizada pela Diretoria Jurídica, foi proposto seguir com a contratação do escritório Proskauer, por ter sido o proponente com a melhor oferta, considerado o dólar de 09 de junho de 21 as 13h, R$ 5,06.

Nada mais havendo a tratar, e sem questionamentos adicionais, o Diretor Presidente, Sr. Mario José Ruiz-Tagle Larrain, deu por encerrada a reunião da qual foi lavrada a presente ata, que vai assinada pelos presentes: Sra. Solange Maria Pinto Ribeiro – Diretora Presidente Adjunta, Sr. Leonardo Gadelha – Diretor Executivo de Finanças e de Relações com Investidores, Sr. Eduardo Capelastegui Saiz – Diretor Executivo de Controle Patrimonial e Planejamento, Sr. Fulvio Machado – Diretor Executivo de Distribuição, Sra. Lara Piau – Diretora Executiva Jurídica, Sra. Laura Porto – Diretora Executiva de Renováveis, Sr. Rogério Martins – Diretor Executivo de Recursos, e por mim, Denise Faria, que nessa oportunidade secretariei os trabalhos, redigi esta ata e a encerrei com a minha assinatura.

Rio de Janeiro, 15 de junho de 2021.

Neoenergia (NEOE3): lucro líquido de R$ 1 bilhão no primeiro trimestre, alta de 75%

A elétrica Neoenergia, controlada pela espanhola Iberdrola, registrou lucro líquido de R$ 1 bilhão no primeiro trimestre, alta de 75% ante o mesmo período do ano passado.

O grupo Neoenergia atingiu a marca de 15,5 milhões de clientes depois da incorporação, em março, da distribuidora da Companhia Energética de Brasília (CEB). A empresa venceu o leilão de privatização da CEB em dezembro, com uma oferta de R$ 2,5 bilhões.

A distribuidora, que tem mais de 1,1 milhão de clientes, passou a se chamar Neoenergia Distribuição Brasília e agora faz parte do grupo que também controla a distribuidoras Coelba (BA), Cosern (RN), Celpe (PE) e Elektro (SP). A Neoenergia atua ainda na geração, comercialização e transmissão de energia elétrica.

receita operacional líquida foi de R$ 8,58 bilhões, alta de 27% versus um ano antes.

Ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – alcançou R$ 2,3 bilhões, com alta de 50% na mesma comparação.

Entre janeiro e março, a Neoenergia investiu R$ 1,8 bilhão, crescimento de 89% ante o primeiro trimestre de 2020. Segundo a companhia, foram investidos R$ 416 milhões em energia renovável, “um dos principais caminhos que a empresa acredita ser promissor para o futuro”.

Deixe um comentário