Renova Energia: discute prorrogação para aprovação ou rejeição da dilação de prazo para venda apenas das UPI’s Mina de Ouro

LinkedIn

A Renova Energia publicou chamamento para uma nova Assembleia Geral de Credores (AGC) para os dias 30 de julho de 2021, em primeira convocação, e 6 de agosto do mesmo ano, em segunda convocação, a ser realizada virtualmente.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:RNEW3) (BOV:RNEW4) nesta quint-afeira (15).

A reunião irá discutir a aprovação ou rejeição da dilação de prazo para venda apenas das UPI’s Mina de Ouro e Projetos em Desenvolvimento.

A AGCs ocorrerá apenas para os credores previstos no plano de recuperação judicial da Renova.

O Projeto Eólico Mina de Ouro é um dos que estão em destaque no plano, para a venda. Em 2019, a empresa pretendia vender o ativo por no mínimo R$ 60 milhões. A previsão é que ocorresse agora, em 18 de julho. Está ainda em fase de desenvolvimento e fica localizado em Caetité, Bahia.

A Renova pretende divulgar os resultados do 2T21 no dia 13 de agosto.

Renova (RNEW4): prejuízo líquido de R$ 30 milhões, queda de 43,5%

Renova Energia registrou prejuízo líquido de R$ 30 milhões no primeiro trimestre de 2021, queda de 43,5% em comparação com o mesmo período de 2020.

receita operacional líquida subiu 83% nos três primeiros meses do ano, passando  de R$ 12,3 milhões para R$ 22,5 milhões.

ebitda – lucro antes de juro, impostos, depreciação e amortização – ajustado da Renova Energia caiu 89,7%. O indicador passou de positivos R$ 41,1 milhões para negativos R$ 4,8 milhões.

Deixe um comentário