Confira os Indicadores Econômicos desta sexta-feira (20/08/2021) - Vendas no Varejo, IPC, PBOC…

LinkedIn

Confira os principais indicadores econômicos de hoje, em destaque o volume de vendas no varejo do Reino Unido subiu 2,4% em julho em relação ao mesmo mês do ano anterior e teve queda de 2,5% na comparação com junho, segundo dados divulgados pelo escritório nacional de estatísticas do país. Em termos de receita, as vendas totais avançaram 5,4% em julho em base anual e recuaram 2,3% ante o mês anterior.

Europa

  • Vendas no varejo do Reino Unido subiu 2,4% em julho

O volume de vendas no varejo do Reino Unido subiu 2,4% em julho em relação ao mesmo mês do ano anterior e teve queda de 2,5% na comparação com junho, segundo dados divulgados pelo escritório nacional de estatísticas do país. Em termos de receita, as vendas totais avançaram 5,4% em julho em base anual e recuaram 2,3% ante o mês anterior.

Nos três meses encerrados em julho, o volume de vendas subiu 11,1% na comparação com o mesmo período do ano anterior, enquanto a receita com as vendas teve alta de 14,1%. Na comparação com o trimestre móvel imediatamente anterior, encerrado em abril, as vendas avançaram 5,2% em volume e 7,0% em termos de receita.

  • Índice de preços ao produtor da Alemanha subiu 10,4% em junho

O índice de preços ao produtor da Alemanha subiu 10,4% em junho em relação ao mesmo mês de 2020, o maior aumento em comparação com o mês correspondente do ano anterior desde janeiro de 1975, segundo dados pelo escritório federal de estatísticas do país, Destatis. Em junho, o índice havia avançado 8,5%.

Na comparação mensal, o índice de preços ao produtor subiu 1,9% em julho, após a alta de 1,3% em junho.

Os preços de energia cresceram 20,4% em julho em base anual e 4,1% na comparação mensal, enquanto os preços de bens intermediários avançaram 15,6% ante julho de 2020 e 2,3% ante junho.

Ásia

  • Índice de preços ao consumidor do Japão caiu 0,3% em julho

O índice de preços ao consumidor do Japão caiu 0,3% em julho ante o mesmo mês de 2020 e avançou 0,2% em relação a junho, em dados com ajuste sazonal. As informações foram divulgadas pelo Ministério de Assuntos Internos e Comunicações do país.

Em junho, o índice havia avançado 0,2% em base anual e 0,3% em base mensal.

Excluindo preços de alimentos e energia, o índice caiu 0,6% em julho na comparação com junho de 2020 e subiu 0,3% ante junho. Os preços de alimentos caíram 0,6% em base anual e 0,3% em base mensal, enquanto os de energia (combustíveis, eletricidade e água) tiveram alta de 2,2% no ano e de 0,6% no mês.

  • Banco do Povo da China manteve a taxa de juros em 3,85% pelo décimo sexto mês consecutivo

O Banco do Povo da China (Pboc, o banco central do país) manteve a taxa de juros de referência para empréstimos no país em 3,85% pelo décimo sexto mês consecutivo, de acordo com comunicado da instituição.

A taxa de referência de um ano para o crédito (LPR, na sigla em inglês) registrou sua última variação em abril de 2020, quando o banco central reduziu de 4,05% nos meses de fevereiro e março. A LPR para cinco anos também não sofreu alterações e ficou em 4,65%.

A taxa, estabelecida em agosto de 2019, é calculada a partir das contribuições para preços de vários bancos – incluindo pequenos credores que tendem a ter maiores custos de financiamento e maior exposição a empréstimos inadimplentes – e visa a reduzir os custos de empréstimos e apoiar a “economia real”.

Deixe um comentário