Embraer: plataforma Beacon assina acordo de serviços com a Inflite Jet Center

LinkedIn

A Embraer informa que o Beacon, plataforma de coordenação de manutenção da EmbraerX, anunciou a assinatura de um acordo com a Inflite The Jet Centre, um dos maiores fornecedores privados de manutenção de componentes da Europa. A parceria tem foco no apoio às equipes da Inflite na obtenção de maior eficiência para acelerar o retorno de aeronaves à operação.

O comunicado foi feito pela companhia (BOV:EMBR3) nesta quinta-feira (12).

A Embraer lembra que o Beacon é uma plataforma inovadora projetada para conectar e sincronizar recursos do setor, a cadeia de suprimentos de pós-venda e profissionais de serviços de aviação de forma mais ágil e eficiente, garantindo o rápido retorno de aeronaves à operação. “Beneficiando-se de uma mentalidade de startup e apoiada pela história de mais de 50 anos de experiência aeroespacial da Embraer, o Beacon está pronto para se tornar a plataforma líder em manutenção de aviação, criando uma nova era digital no setor de serviços aeronáuticos, sendo capaz de atender qualquer fabricante, a qualquer hora e em qualquer lugar”, avalia a empresa.

Para Sébastien Albouy, diretor da Inflite, a adesão à plataforma Beacon é um marco nos esforços da Inflite para garantir a melhoria contínua do serviço. “Para nós, é uma mudança proativa colocar o digital no centro de nossa organização para ajudar nossas equipes a lidar com a crescente pressão em nossa indústria. Quando ouvimos sobre os benefícios do Beacon, a inteligência que traz para a operação e como é fácil começar a utilizá-lo, foi uma decisão muito simples”, comenta em nota.

A Embraer ressalta que ao assinar este acordo, o Beacon amplia seus esforços na Europa e continua construindo uma posição no setor de serviços de aviação digital. Recentemente, a plataforma assinou acordos com a ABS Jets e a Equipe de Reparo Móvel. O Beacon concluiu em junho passado mais de 35 mil casos de manutenções não-programadas para mais de mil usuários. “Espera-se que esses números cresçam à medida que a indústria da aviação se recuperar da crise da covid-19”, afirma.

Informações Broadcast

Deixe um comentário