Guararapes (GUAR3): lucro líquido de R$ 46,1 milhões no segundo trimestre

LinkedIn

A Guararapes Confecções, dona da rede Riachuelo, registrou lucro líquido de R$ 46,1 milhões no segundo trimestre, revertendo prejuízo de R$ 296,2 milhões acumulado em igual período do ano passado. Em relação ao segundo trimestre de 2019, o desempenho foi pressionado pelo fechamento das lojas e das fábricas no mês de abril.

A receita líquida consolidada da Guararapes de abril a junho de 2021 cresceu 88,8% na comparação anual, para R$ 1,6 bilhão.

O ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – ajustado da Guararapes atingiu R$ 204,3 milhões no segundo trimestre, ante prejuízo operacional de R$ 291 milhões no mesmo intervalo de 2020. No semestre, o Ebitda Ajustado totalizou R$ 237,8 milhões, ante prejuízo de R$ 189,9 milhões frente ao primeiro semestre do ano passado.

A dívida líquida da companhia fechou o trimestre em R$ 1,515 bilhão, queda de 6,3% sobre os R$ 1,614 bilhão registrados em junho do ano passado. Assim, o nível de alavancagem, medido pela relação dívida líquida/Ebitda, caiu de 3,5 vezes para 2,4 vezes em relação ao segundo trimestre de 2020. Em junho de 2019, a alavancagem era de 1,1 vez.

A companhia destaca que as vendas digitais da Riachuelo cresceram 45% em relação ao primeiro trimestre deste ano, alcançando participação de 12,5% no total de vendas. O fluxo nos canais digitais, incluindo o site e o aplicativo, cresceu 51% em relação ao primeiro trimestre e 94% ante o mesmo período de 2020.

As despesas operacionais totalizaram R$ 726,3 milhões no trimestre, 6% maiores que o registrado no segundo trimestre de 2019.

Os resultados da Guararapes (BOV:GUAR3) referente suas operações do segundo trimestre de 2021 foram divulgados no dia 12/08/2021.

* Com informações da ADVFN, RI das empresas, Valor, Infomoney, Estadão, Reuters

Deixe um comentário