Fechamento Ibovespa: Bolsa fecha em queda de 0,96% e todos os destaques de hoje (15/09/2021)

LinkedIn

O Ibovespa fechou em queda de 0,96%, a 115.062 pontos, pressionado pelos dados decepcionantes da recuperação econômica da China e com o cenário fiscal preocupando investidores, especialmente por causa do impasse em torno do pagamento dos precatórios em 2022.

A maior valorização do dia foi da PetroRio (PRIO3), cujos papéis avançaram 7,44%. Bruno Madruga, head de renda variável e sócio da Monte Bravo, explica que o desempenho positivo do papel é por conta da alta do petróleo. “O setor vem subindo forte com os dados de estoque dos EUA que vieram abaixo do esperado, o que, consequentemente, é positivo para o preço da commodity no mercado internacional e para as empresas petroleiras.” As ações da Petrobras (PETR3 e PETR4) também registraram aumento, de 0,90% e 1,28%, respectivamente.

Em segundo lugar entre as maiores altas, ficaram as ações da Bradespar, um dos principais acionistas da mineradora Vale. Os papéis subiram 5,23% nesta quarta-feira, após a holding propor a distribuição de R$ 5,26 bilhões em ações da mineradora aos seus acionistas, reduzindo seu capital.

Nos Estados Unidos, os índices fecharam em alta, com o avanço dos preços do petróleo impulsionando os papéis das companhias de energia. O mercado também reagiu a uma série de dados econômicos positivos que sugerem que a recuperação econômica continua robusta. Entre os 11 setores do S&P 500, dez registraram avanços; apenas o de serviços de utilidades públicas fechou em leve baixa, de 0,15%.

O dólar encerrou o dia em queda de 0,41%, a R$ 5,2360 na venda, com o mercado embarcando em vendas na parte da tarde na esteira do fortalecimento do apetite por risco no exterior.

➡️ Veja o fechamento desta terça-feira:

🇧🇷 IBOV: -0,96% / 115.062 pts
🏢 IFIX: +0,10% / 2.730 pts
💵 Dólar: -0,41% / R$ 5,2360
💶 Euro: -0,31% / R$ 6,1874
💰Bitcoin: +5,24% / R$ 252.145

🇺🇸 Nova York

Dow Jones: +0,68% / 34.814 pts
S&P 500: +0,85% / 4.480 pts
Nasdaq: +0,82% / 15.161 pts

Acompanhe as altas e baixas da bolsa nos últimos dias:

Data Variação Pontuação Volume Financeiro
01/09/2021 0,20% 119.396,60 R$ 29,7 bilhões
02/09/2021 -2,3% 116.677,08 R$ 29,9 bilhões
03/09/2021 0,2% 116.933,24 R$ 45,6 bilhões
06/09/2021 0,8% 117.868,63 R$ 15,9 bilhões
08/09/2021 -3,8% 113.412,84 R$ 39,7 bilhões
09/09/2021 1,7% 115.360,86 R$ 38,9 bilhões
10/09/2021 -0,9% 114.285,93 R$ 30,4 bilhões
13/09/2021 1,9% 116.403,72 R$ 31,2 bilhões
14/09/2021 -0,2% 116,180,55 R$ 29,3 bilhões
15/09/2021 -1,0% 115.062,54 R$ 46,19 bilhões

DESTAQUES DO IBOVESPA – (pregão à vista)

  • ALTAS IBOVESPA

PRIO3: +7,44% a R$ 21,09
BRAP4: +5,23% a R$ 63,81
GOLL4: +2,59% a R$ 19,78
BEEF3: +2,02% a R$ 9,60
PETR4: +1,74% a R$ 26,33

  • BAIXAS IBOVESPA

COGN3: -4,42% a R$ 3,03
SULA11: -4,05% a R$ 28,46
AMER3: -4,00% a R$ 39,58
BIDI11: -3,48% a R$ 65,11
CCRO3: -3,48% a R$ 11,36

Confira o ranking completo de todos os papéis negociados na B3.

  • Confira os destaques corporativos de hoje:

AES Brasil (AESB3)

A AES Brasil pagará um total de R$ 50,4 milhões de juros a debenturistas da AES Tietê. Saiba mais…

Bradespar (BRAP4) 

O conselho de administração da Bradespar aprovou aumento de capital da companhia de R$ 4,1 bilhões para R$ 5,7 bilhões. Saiba mais…

CVC Brasil (CVCB3)

CVC Brasil emitiu um comunicado esclarecendo um ofício enviado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM). O órgão quer saber detalhes sobre o porquê das oscilações dos papéis, registradas entre os dias 30 de agosto e 13 de setembro. Saiba mais…

Eletrobras (ELET3/ELET5/ELET6)

A Eletrobras informou que a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) homologou os prazo de extensão de outorga de algumas usinas da empresa. A extensão já havia sido decidida de forma parcial e agora ocorre de forma complementar. Saiba mais…

Gol (GOLL4)

A Gol anunciou a expansão de sua cooperação comercial com a American Airlines Group por meio de um acordo de codeshare exclusivo pelos próximos três anos, o qual aprofundará o relacionamento entre as duas empresas aéreas. Como parte do Acordo, a Gol receberá da American um investimento em equity de US$ 200 milhões (R$ 1,05 bilhão). Saiba mais…

Grupo Soma (SOMA3) e Hering (HGTX3)

O Grupo Soma informou que assembleias de acionistas aprovaram a combinação de negócios com a Hering. Com isso, fica aprovado o pagamento de R$ R$ 9,5415843 por cada ação ordinária de emissão da Hering, aos seus acionistas. Saiba mais…

Hermes Pardini (PARD3)

O Instituto Hermes Pardini concluiu que a aquisição do Laboratório de Patologia Clínica Dr. Paulo Cordeiro de Azevedo deverá ser submetida à deliberação.

Hospital Care Caledônia (CARE3)

O hospital Care Caledônia informou que engajou o Citigroup Brasil e o Banco Itaú BBA, juntamente com seus respectivos agentes de colocação internacionais de ambas instituições, para análise da viabilidade de eventual oportunidade e conveniência de potencial transação de operação de crédito e de financiamento e/ou de oferta pública de distribuição de ações (IPO, na sigla em inglês) de emissão da companhia. Saiba mais…

PDG Realty (PDGR3)

PDG Realty respondeu sobre o grande volume de transações envolvendo papéis da companhia nesta segunda – foram, até o meio dia, R$ 2,5 milhões em negócios, mais do que a média comum para um dia.

Petrobras (PETR3/PETR4)

Petrobras pagará R$ 63,7 milhões aos detentores das primeira e segunda séries da sua sétima emissão de debêntures. Serão pagos R$ 20,37258873 por papel da primeira série. E mais R$ 22,05446384 da segunda. Saiba mais…

Plano & Plano (PLPL3)

A Plano & Plano, por meio do conselho de administração, aprovou programa de recompra de ações. Serão adquiridas 6.000.000 de ações ordinárias (ON) da companhia. Estas representam 9,33% do total de papéis da empresa. Saiba mais…

Renova Energia (RNEW3)

A Renova Energia acertou a venda da Brasil PCH pelo valor de R$ 1,1 bilhão para a SF 369 Participações Societárias, subsidiária do fundo de investimentos Mubadala. Com isso, haverá a transferência da totalidade das ações ordinárias (ON) detidas pela Renova no empreendimento. Saiba mais…

Taesa (TAEE11)

Taesa pagará os detentores da primeira série da sua quarta emissão de debêntures – será R$ 51,11 por cada um dos 255 mil papeis, totalizando R$ 13,5 milhões.

Vibra (BRDT3)

A Vibra, ex-BR Distribuidora, emitiu comunicado esclarecendo um questionamento da Superintendência de Relações com Empresas, da CVM, sobre estimativas divulgadas pela Companhia em comunicado ao mercado de 1 de setembro de 2021, no âmbito do Investor Day. Saiba mais…

Viver Incorporadora (VIVR3)

Viver Incorporadora, aprovou, através de seu conselho, um aumento de capital de no mínimo R$ 99 mil reais e no máximo R$ 792 milhões. Saiba mais…

(Com informações do Forbes Money e Momento B3)

Deixe um comentário