HSBC e IBM criam demonstração de CBDC multi-ledger com sucesso

LinkedIn

Na última quinta-feira, o HSBC e a IBM (BOV:IBMB34anunciaram o teste bem-sucedido de um token avançado e liquidação de carteira digital entre duas moedas digitais de banco central, as CBDCs, em um ambiente de nuvem. O experimento consistiu em transações entre CBDCs, eBonds e forex. O Hyperledger Fabric da IBM e o Corda da provedora de tecnologia empresarial R3 serviram como base para o ledger distribuído, facilitando as transações.

O projeto foi supervisionado pelo banco central Banque de France como parte de uma série de projetos para implementar um euro digital. Anteriormente, os bancos centrais da França e da Suíça relataram resultados positivos em uma execução piloto do Franco Suíço e Euro digitais. No entanto, as duas instituições financeiras pregaram cautela sobre o assunto, citando preocupações regulatórias.

Mark Williamson, diretor-gerente da GFX eRisk, parcerias e propostas no HSBC, disse:

A interoperabilidade entre diferentes ledgers e tecnologias distribuídas foi fundamental para demonstrar como economizar tempo, reduzir o risco de mercado e melhorar a segurança das transações entre bancos centrais, bancos comerciais e, a tempo, nossos clientes em todo o mundo.

Likhit Wagle, gerente geral de bancos globais e mercados financeiros da IBM, acrescentou:

À medida que os bancos centrais de todo o mundo começam a explorar o potencial do CBDC para trazer maior transparência e segurança às transações financeiras, esta iniciativa fornece um roteiro abrangente.

Em todo o mundo, as CBDCs estão ganhando força em parte devido à sua utilidade como meio de combater o aumento das stablecoins, que, para alguns, representam uma ameaça ao sistema financeiro. Somente neste mês, a pesquisa do Projeto Atom CBDC do Australian Reserve Bank revelou vários benefícios. Na mesma época, o banco central do Cazaquistão relatou resultados positivos em seu projeto piloto de CBDC. A CBDC do Caribe Oriental se expandiu para dois outros países, e a Rússia está priorizando o desenvolvimento de um rublo digital.

Deixe um comentário