Dólar fecha em alta, após divulgação da ata do Fomc, que deu indícios de aceleração do tapering e antecipação do aumento dos juros

LinkedIn

O dólar comercial fechou em R$ 5,7100, com alta de 0,36%. Volátil durante toda a sessão, a moeda norte-americana virou após a divulgação da ata da reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês), que deu indícios de aceleração do tapering (remoção de estímulos) e antecipação do aumento dos juros.

Para a equipe da Ouro Preto Investimentos, “a ata do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) veio com um tom mais hawkish (duro) que o esperado, e possivelmente o aumento da taxa de juros vai começar em março”.

O economista-chefe da Ativa Investimentos, Étore Sanchez, segue a mesma linha: “A ata de hoje nos parece muito mais hawkish do que o comunicado sugeriu, principalmente no tocante as discussões de política monetária”, avalia.

De acordo com o head de análise macroeconômica da GreenBay Investimentos, Flávio Serrano, “o ano de 2022 deve ser marcado por volatilidade, embora exista uma expectativa de queda do dólar”. Ele acredita que os constantes ruídos fiscais e políticos no cenário doméstico contribuem para não desanuviar o quadro brasileiro.

Serrano não acredita que a ata do Fed altere o cenário instável do câmbio, e continua: “Tem havido uma reavaliação da inflação no mundo, pois mesmo com o avanço da Ômicron nos Estados Unidos e Europa, existe menos preocupação de contração econômica”.

Data Compra Venda Variação Variação
03/01/2022  5,6617 5,6627 1,557% 0,0868
04/01/2022  5,6895 5,69 0,482% 0,0273
05/01/2022 5,7111 5,7121 0,388% 0,0221

💵 Está pensando em viajar? Faça a conversão de moedas gratuitamente!

🇧🇷 – US$ 1 = R$ 5,70

🇪🇺 – US$ 1 = €$ 0,88

🇬🇧 – US$ 1 = £$ 0,73

Gráficos GRATUITOS na br.advfn.com

(Com informações da TC, UOl e Agencia CMA)

Deixe um comentário