United Airlines teve prejuízo de US$ 646 milhões sobre receita de US$ 8,19 bilhões no 4T21

LinkedIn

A United Airlines (NASDAQ:UAL) disse que o aumento nas infecções por Covid-19 prejudicou as reservas nas últimas semanas e atrasará ainda mais sua recuperação da pandemia.

A companhia aérea com sede em Chicago disse que espera que a receita do primeiro trimestre de 2022 fique 20% a 25% abaixo do mesmo período de 2019, quando gerou US$ 9,59 bilhões.

A United reduziu sua previsão de crescimento para 2022, dizendo que voaria menos este ano do que há três anos, descartando seu plano de aumentar a capacidade em 5% em relação aos níveis pré-pandemia. Os custos para o primeiro trimestre aumentariam em até 15%, excluindo combustível, e a capacidade cairia de 16% a 18% em relação aos três anos anteriores.

As ações da United negociadas na Nasdaq caíram cerca de -1,1% no pré-mercado.

A United Airlines também é negociada na B3 através do ticker (BOV:U1AL34).

A U1AL34 está com um preço de abertura de R$ 121,73 reais na quinta-feira.

A companhia aérea disse que as reservas para a primavera e o verão são fortes, no entanto.

“A equipe da United vem lutando contra obstáculos sem precedentes para, mais uma vez, superar os novos e assustadores desafios que a Covid-19 está trazendo para a aviação, e sou grato a cada um deles por seu compromisso em cuidar de nossos clientes.” disse o CEO da United Airlines, Scott Kirby, disse em um comunicado de resultados. “A Ômicron está impactando a demanda de curto prazo, continuamos otimistas com a primavera e animados com o verão e além.”

A Delta Air Lines na semana passada também disse que a variante Ômicron afetou as reservas do início de 2022 no início deste ano e que a levaria a um prejuízo no primeiro trimestre, mas que espera ser lucrativa até março, prevendo uma recuperação na demanda de viagens.

A American Airlines informou seus resultados antes do mercado abrir na quinta-feira.

Resultados da United Airlines do 4T21

A United registrou um prejuízo líquido de US$ 646 milhões, em comparação com um lucro de US$ 641 milhões no quarto trimestre de 2019, mas uma perda menor do que os US$ 1,9 bilhão perdidos no mesmo trimestre de 2020.

A receita nos últimos três meses do ano foi de US$ 8,19 bilhões, uma queda de quase 25% em relação a 2019, mas foi o trimestre mais forte da pandemia, graças às robustas reservas de feriados. Ficou à frente das estimativas dos analistas de US$ 7,97 bilhões.

Ajustando para itens não recorrentes, a United teve um prejuízo por ação de US$ 1,60, melhor do que os US$ 2,11 estimados pelos analistas.

  • Resultados ajustados por ação:  uma perda de US$ 1,60 versus uma perda esperada de US$ 2,11
  • Receita total:  US$ 8,19 bilhões contra US$ 7,97 bilhões esperados.

Executivos da United farão uma ligação com analistas e mídia na quinta-feira às 12h30, horário de Brasília.

Fontes: CNBC, WSJ, FX empire, FX Street, Reuters, The Street, TipRanks

Deixe um comentário