Aqui estão todas as carteiras de Small Caps para o mês de fevereiro de 2022

LinkedIn

ADVFN montou um compilado de todas as carteiras recomendadas de Small Caps de fevereiro de 2022 disponíveis. Ao todo, registramos nove corretoras, bancos e casas de análises.

A matéria foi publicada dia 02/02 e atualizará conforme mais carteiras forem publicadas.

Referências:

Em janeiro, o índice Ibovespa registrou alta de +6,98%. O índice de Small Caps (SMLL) subiu +3,42%.

Ranking de fevereiro:

Empresas Indicações
Santos Brasil (STBP3) 4
3R Petroleum (RRRP3) 4
Minerva (BEEF3) 3
Jalles Machado (JALL3) 3
Irani (RANI3) 3
Fleury (FLRY3) 3
Aeris (AERI3) 3
Usiminas (USIM5) 2
Trisul (TRIS3) 2
SulAmérica (SULA11) 2
Iguatemi (IGTI11) 2
Grupo IMC (MEAL3) 2
Gerdau Met. (GOAU4) 2
Ferbasa (FESA4) 2
CBA (CBAV3) 2
Brasilagro (AGRO3) 2
Banco ABC (ABCB4) 2
Arezzo (ARZZ3) 2

BB INVESTIMENTOS

A carteira de Small Caps do BB Investimentos variou +5,1% em janeiro.
Destaques positivos: SLC Agrícola (12,32%), Marcopolo (12,13%), Fleury (12,4%).
Fechou negativa: Unipar (-9,05%).
Para fevereiro, apenas as ações da Fleury e SLC Agrícola seguem na carteira.

Ações excluídas: Bradespar (BRAP4), B2W (AMER3), CSN Mineração (CMIN3), Metalúrgica Gerdau (GOAU4), Marcopolo (POMO4) e Unipar (UNIP6)

Empresas Peso
Fleury (FLRY3) 12,5%
SLC Agrícola (SLCE3) 12,5%
CBA (CBAV3) 12,5%
CVC (CVCB3) 12,5%
Mater Dei (MATD3) 12,5%
Grupo IMC (MEAL3) 12,5%
Totvs (TOTS3) 12,5%
Caixa Seguridade (CXSE3) 12,5%

BTG PACTUAL

A carteira de Small Caps da BTG Pactual subiu +6,7% no mês de janeiro.
Destaques positivos: ClearSale (28,1%), CBA (26,8%), Sinqia (15,3%) e 3R Petroleum (14,0%).
Fecharam negativas: Locaweb (-26,3%) e Track & Field (-8,9%).

Ações incluídas: São Martinho (SMTO3), Iguatemi (IGTI11) e Orizon (ORVR3)
Ações excluídas: Track & Field (TFCO4), ClearSale (CLSA3) e 3Tentos (TTEN3)

Empresas Peso
São Martinho (SMTO3) 10%
Iguatemi (IGTI11) 10%
Orizon (ORVR3) 10%
Santos Brasil (STBP3) 10%
Desktop (DESK3) 10%
Sinqia (SQIA3) 10%
Locaweb (LWSA3) 10%
CBA (CBAV3) 10%
3R Petroleum (RRRP3) 10%
Banco ABC (ABCB4) 10%

ELITE

No mês de janeiro, a carteira de Small Caps da Elite obteve desempenho de +5,48%.
Destaque positivo: BTG Pactual (16,01%), Hermes Pardini (19,07%) e PetroRio (15,72%).
Fecharam negativas: Ind. Romi (-7,66%), Porto Seguro (-5,21%), Jalles Machado (-4,02%) e BrasilAgro (-2,95%).
Em 12 meses, a carteira de Small Caps da Elite subiu +7,23%.

Ações incluídas: Santos Brasil (STBP3), Tim (TIMS3) e Trisul (TRIS3)
Ações excluídas: Equatorial (EQTL3), Ind. Romi (ROMI3) e Jalles Machado (JALL3)

Empresas Peso
Santos Brasil (STBP3) 10%
Tim (TIMS3) 10%
Trisul (TRIS3) 10%
Brasilagro (AGRO3) 10%
Porto Seguro (PSSA3) 10%
PetroRio (PRIO3) 10%
Hermes Pardini (PARD3) 10%
Unidas (LCAM3) 10%
BTG Pactual (BPAC11) 10%
Randon (RAPT4) 10%

GENIAL

A carteira Small Caps 8+ da Genial apresentou alta de +5,95% no mês de janeiro.

Ações incluídas: Alupar (ALUP11), Cyrela (CYRE3), 3R Petroleum (RRRP3) e Usiminas (USIM5)
Ações excluídas: Assaí (ASAI3), Intebras (INTB3), PetroRio (PRIO3) e Grupo Vamos (VAMO3)

Empresas Peso
Fleury (FLRY3) 12,50%
Aeris (AERI3) 12,50%
Jalles Machado (JALL3) 12,50%
Grupo Soma (SOMA3) 12,50%
Alupar (ALUP11) 12,50%
Cyrela (CYRE3) 12,50%
3R Petroleum (RRRP3) 12,50%
Usiminas (USIM5) 12,50%

Micro Caps

A carteira Micro Caps 5+ da Genial apresentou baixa de -9,40% no mês de janeiro.

Ações incluídas: C&A (CEAB3) e JSL (JSLG3)
Ações excluídas: Fertilizantes Heringer (FHER3) e GP Investments (GPIV33)

Empresas Peso
Allied (ALLD3) 20%
Positivo (POSI3) 20%
Irani (RANI3) 20%
C&A (CEAB3) 20%
JSL (JSLG3) 20%

GUIDE

A carteira Small Caps da Guide investimentos subiu 0,9% no mês de janeiro.
Destaques positivos: Hapvida (22,0%), 3R Petroleum, Arezzo (6,5%).
Fecharam negativas: Minerva, Omega(-8,5%), Irani (-7,0%), Ambipar (-6,4%) e Simpar (-5,2%).
Em 12 meses, a carteira de Small Caps da Guide teve baixa de -10,4%.

Ação incluída: CSN Mineração (CMIN3)
Ação excluída: 
Simpar (SIMH3)

Empresas Peso
CSN Mineração (CMIN3) 10%
Hapvida (HAPV3) 10%
Gerdau Met. (GOAU4) 10%
Irani (RANI3) 10%
Minerva (BEEF3) 10%
3R Petroleum (RRRP3) 10%
Arezzo (ARZZ3) 10%
Omega (MEGA3) 10%
Banco ABC (ABCB4) 10%
Ambipar (AMBP3) 10%

MIRAE ASSET

A carteira Small Caps da Mirae Asset valorizou +2,8% no mês de janeiro.
Destaques positivos: Usiminas (5,3%), Taesa (4,9%), Fleury (12,4%) e Multiplan (14,9%).
Fecharam negativas: SulAmérica (-7,6%) e Ferbasa (-4,7%).
Não ocorreu alteração de um mês para o outro.

Empresas Peso
Multiplan (MULT3) 10%
Usiminas (USIM5) 10%
SulAmérica (SULA11) 10%
Banco Inter (BIDI11) 10%
Ferbasa (FESA4) 10%
Fleury (FLRY3) 10%
Marfrig (MRFG3) 10%
Taesa (TAEE11) 10%
Santos Brasil (STBP3) 10%
Gerdau Met. (GOAU4) 10%

NU INVEST

Em janeiro, a carteira de Small Caps da Nu Invest valorizou +0,12%.
Em 12 meses, a carteira valorizou +5,83%.
Para fevereiro, foi incluída a ação da 3R Petroleum com peso de 5%.

Empresas Peso
Ferbasa (FESA4) 15%
Jalles Machado (JALL3) 15%
Petz (PETZ3) 15%
Kepler-Weber (KEPL3) 10%
BrasilAgro (AGRO3) 10%
Aeris (AERI3) 5%
Aura Minerals (AURA33) 5%
CSU (CARD3) 5%
Irani (RANI3) 5%
Méliuz (CASH3) 5%
Unifique (FIQE3) 5%
3R Petroleum (RRRP3) 5%

SANTANDER

Ações incluídas: Cesp (CESP6) e Iguatemi (IGTI11)
Ação excluída: Omega Energia (MEGA3)

Empresas Peso
Ânima (ANIM3) 10%
Arezzo (ARZZ3) 12%
Intelbras (INTB3) 13%
Jalles Machado (JALL3) 13%
Minerva (BEEF3) 12%
Pague Menos (PGMN3) 10%
Santos Brasil (STBP3) 10%
Cesp (CESP6) 10%
Iguatemi (IGTI11) 10%

TERRA

Em janeiro, a Terra Investimentos obteve alta na sua carteira de Small Caps de +3,93%.
Destaques positivos: MRV Engenharia (11,75%) e Banrisul (13,47%).
Fecharam negativas: Minerva (-10,0%) e SulAmérica (-7,60%).
Em 12 meses, a carteira tem alta de 2,98%.

Ação incluída: Tegma (TGMA3)
Ação excluída: MRV Engenharia (MRVE3)

Empresas Peso Preço-Alvo (R$)
Tegma (TGMA3) 10% 22,00
Aeris (AERI3) 10% 11,00
IMC (MEAL3) 10% 5,00
Minerva (BEEF3) 10% 13,00
SulAmérica (SULA11) 10% 41,00
Banrisul (BRSR6) 10% 16,00
Cogna (COGN3) 10% 5,00
Sanepar (SAPR11) 10% 28,00
Tupy (TUPY3) 10% 27,90
Trisul (TRIS3) 10% 8,00

Por Fernanda Benatto

Isenção de responsabilidade: A ADVFN não faz recomendações de ativos. A matéria tem cunho jornalístico.

Deixe um comentário