Dólar fecha em alta, influenciado pela inflação persistente e risco político

LinkedIn

O dólar não acompanhou a tendência externa e encerrou em leve alta frente ao real, após uma sessão volátil, em que os dados de inflação e o ruído político em torno da Petrobras dominaram as atenções no cenário local.

O IPCA-15 acima do esperado colocou pressão sobre os juros, afetando também o câmbio, diante da avaliação de que o BC terá que mudar seu plano de voo e elevar ainda mais a Selic. Já a inesperada troca de comando na estatal adiciona risco e incerteza aos ativos.

Lá fora, dados fracos da economia americana alimentaram o receio de uma recessão global, ao mesmo tempo em que o euro voltou a ganhar terreno sobre o dólar, na esteira das expectativas de início do aperto monetário no bloco no 3º trimestre.

O dólar subiu 0,14%, para R$ 4,8123, após oscilar entre R$ 4,7765 e R$ 4,8535. Às 17h15, o dólar futuro para junho tinha leve alta de 0,06%, a R$ 4,8290. Lá fora, o DXY caía 0,30%, para 101,766 pontos; enquanto o euro subia 0,41%, a US$ 1,0734; e a libra caía 0,41%, para US$ 1,2535.

Data Compra Venda Variação Variação
2/05/2022 5,0717 5,0727 2,63% 0,13
3/05/2022  4,963 4,9635 -2,153% -0,1092
4/05/2022 4,9026 4,9036 -1,207% -0,0599
05/05/2022 5,016 5,0165 2,302% 0,1129
6/05/2022 5,0749 5,0754 1,174% 0,0589
9/05/2022  5,156 5,1565 1,598% 0,0811
10/05/2022 5,1331 5,1336 -0,444% -0,0229
11/05/2022 5,1441 5,1446 0,214% 0,011
12/05/2022 5,1395 5,1405 -0,08% -0,0041
13/05/2022 5,057 5,0575 -1,615% -0,083
16/05/2022 5,0506 5,0516 -0,117% -0,0059
17/05/2022  4,9419 4,9429 -2,152%  -0,1087
18/05/2022  4,9816 4,9826 0,803% 0,0397
19/05/2022 4,9163 4,9168 -1,321% -0,0658
20/5/2022 4,873 4,874 -0,871% -0,0428
23/05/2022 4,8044 4,8054 -1,408% -0,0686
24/05/2022 4,8118 4,8123 0,144% 0,0069

💵 Está pensando em viajar? Faça a conversão de moedas gratuitamente!

🇧🇷 – US$ 1 = R$ 4,81

🇪🇺 – US$ 1 = €$ 0,93

🇬🇧 – US$ 1 = £$ 0,79

Gráficos GRATUITOS na br.advfn.com

(Com informações da BDM, UOl e Agencia CMA)

Deixe um comentário