Espaçolaser (ESPA3): prejuízo líquido ajustado de R$ 23,7 milhões no 2T22

LinkedIn

A Espaçolaser registrou prejuízo líquido ajustado de R$ 23,7 milhões no segundo trimestre de 2022 (2T22), revertendo lucro líquido ajustado de R$ 56,7 milhões na mesma etapa de 2021, informou a companhia.

O resultado foi impactado pelo aumento das despesas financeiras, diante da elevação do endividamento e da Taxa Selic, informa a companhia.

A receita líquida somou R$ 207 milhões no segundo trimestre deste ano, queda de 14,8% na comparação com igual etapa de 2021.

ebtida – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – ajustado totalizou R$ 24,4 milhões no 2T22, com margem Ebitda (Ebitda sobre receita) ajustada de 11,3% entre abril e junho, baixa de 25,9 pontos percentuais (p.p.) frente a margem registrada em 2T21, refletindo a intensificação da atividade promocional, efeito maturação das lojas abertas nos últimos anos e pressão inflacionária em nossa base de custos e despesas.

O lucro bruto somou R$ 68,8 milhões no 2T22, com uma margem de 31,9%, retração de 21,3 p.p. quando comparado com o 2T21, impactado por intensificação da atividade promocional diante do cenário macroeconômico desafiador; reajuste de salários e aluguéis; e grande volume de lojas ainda em maturação, seguindo nossa forte expansão orgânica no período. Sobre este último ponto, as lojas em maturação geraram um impacto de 6,2 p.p. na margem bruta, seguindo a curva esperada.

As despesas gerais e administrativas atingiram R$ 42,2 milhões, equivalente a 19,5% da receita líquida do período, aumento de 3,4 p.p. frente ao 2T21. Em uma visão absoluta, o aumento de 28,4% nas despesas gerais e administrativas reflete o fortalecimento da estrutura corporativa para absorver a forte expansão de nossa rede. Importante ressaltar que ao longo de 2021, expandimos nossa base de lojas próprias em 58%.

O resultado financeiro líquido foi negativo em R$ 37,9 milhões no segundo trimestre de 2022, ante R$ 4,3 milhões negativos da mesma etapa de 2021.

A companhia encerrou o trimestre com 756 lojas, um incremento de 19,2% em relação ao segundo trimestre de 2021, com a abertura bruta de 18 novas unidades, sendo 6 próprias e 12 franquias. Destaque para as regiões Norte e Nordeste, que representam 50% das aberturas do trimestre, locais que concentravam boa parte das franquias adquiridas e onde enxergamos grande potencial de expansão.

No 2T22, o capex atingiu R$ 10,9 milhões, investido principalmente na expansão orgânica, representada por 6 lojas no trimestre e 19 no semestre. Importante ressaltar que no 2T21 a expansão da rede veio principalmente através da aquisição de franqueados, totalizando um investimento de R$ 371 milhões no mesmo período do ano anterior.

A Espaçolaser fechou o 2T22 com uma dívida líquida de R$ 708 milhões, aumento de R$ 311,7 milhões comparado ao 2T21, refletindo os desembolsos realizados entre estes períodos, com destaque para a aquisição das 100 franquias e da participação remanescente das controladas realizadas em 2021, além da aceleração de nosso plano de expansão orgânica, dado que as lojas demandam um maior volume de capital giro nos estágios iniciais de vida.

Nosso nível de alavancagem, medido pela relação dívida líquida/EBITDA Contábil excluindo o efeito contábil das empresas incorporadas, atingiu 3,1x, também impactado pela compressão recente das margens. Do total de nossa dívida bruta, 69% está alocada no longo prazo.

Os resultados da Espaço Laser (BOV:ESPA3) referentes suas operações do segundo trimestre de 2022 foram divulgados no dia 160/08/2022. Confira o Press Release completo!

* Com informações da ADVFN, RI das empresas, Valor, Infomoney

Deixe um comentário