Fechamento Ibovespa: Bolsa fecha com alta de 1,46% e todos os destaques de hoje (10/08/2022)

LinkedIn

O Ibovespa cravou sua sétima alta consecutiva depois de avançar 1,46% no pregão, a 110.236 pontos. A Bolsa brasileira alcançou os 110 mil pontos pela primeira vez em dois meses, após dados da inflação nos EUA indicarem um alívio no preço para os consumidores norte-americanos.

Segundo dados do Departamento do Trabalho dos Estados Unidos, o índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) ficou estável (0%) em julho, ante alta de 1,3% no mês anterior e expectativa de aumento de 0,2%.

No acumulado de 12 meses, a inflação recuou dos 9,1% registrados em junho para 8,5% em julho, abaixo da expectativa de 8,7% do mercado.

Segundo William Castro Alves, CFA e fundador da Quantzed, a melhora nos dados impulsionou as bolsas de Nova York e levou junto o principal índice brasileiro. “De certa forma, o Ibovespa utiliza os dados dos EUA como um parâmetro para o que podemos esperar no Brasil também”, diz o analista.

Agora, a expectativa do mercado é que o Federal Reserve (banco central norte-americano) reduza o aperto monetário nos juros, saindo de uma estimativa de aumento de 0,75 ponto percentual para 0,50 ponto percentual em setembro.

Em Wall Street, o Dow Jones avançou 1,63%, a 33.309,45 pontos; o S&P 500 subiu 2,13%, a 4.210,12 pontos, e o Nasdaq teve alta de 2,89%, a 12.854,80 pontos.

Amanhã (11), a agenda de indicadores dos EUA inclui a inflação ao produtor (PPI, na sigla em inglês). O dado não é decisivo na análise do Fed como o CPI, mas o mercado lê os números como um reforço de tendência.

No Brasil, o cenário de aperto monetário está mais avançado do que nos EUA. O alívio na inflação no curto prazo, com a deflação no IPCA de julho, reforçou a avaliação dos economistas de que o Banco Central pode ter encerrado o ciclo de alta dos juros nos atuais 13,75%.

A segunda hipótese é que, se houver ajuste na próxima reunião, será de menor intensidade (0,25 ponto percentual) e será o último. Tal perspectiva tem apoiado o retorno do apetite por renda variável, com destaque para as ações de setores como o de consumo, que são sensíveis a juros.

Nos últimos sete pregões, o índice acumula alta de 8%, enquanto em todo o mês de julho os ganhos foram de 5%.

Hoje, os destaques positivos do Ibovespa foram IRB (IRBR3), com alta de 8,93%, seguida por Banco Pan (BPAN4), +8,15%, e Ezetec (EZTC3), +8,09%.

Já na ponta de perdas, as elétricas tiveram um dia negativo na esteira do balanço da Copel (CPLE6), que reportou um prejuízo líquido de R$ 522,37 milhões no segundo trimestre, revertendo lucro de R$ 1 bilhão na comparação anual.

A Engie (ENGI3) registrou queda de 1,85%, e a Eletrobras, de 0,72% (ELET3) e 1,46% (ELET6).

O dólar comercial teve um dia de forte volatilidade e fechou em baixa de 0,87%, negociado a R$ 5,0850, após oscilar entre R$ 5,0359 e R$ 5,1429.

➡️ Veja o fechamento desta quarta-feira:

🇧🇷 IBOV: +1,46% a 110.235 pts
🏢 IFIX: +0,28% a 2.833 pts
💵 Dólar: –0,87% a R$ 5,08
💶 Euro: +0,04% a R$ 5,23
💰Bitcoin: +1,72% a R$ 120.360

🇺🇸 Nova York

Dow Jones: +1,63% a 33.309 pts
S&P 500: +2,13% a 4.210 pts
Nasdaq: +2,89%, a 12.854 pts

Acompanhe as altas e baixas da bolsa nos últimos dias:

Data Variação Pontuação Volume Financeiro
01/08/2022  – 0,91%% 102.225,08 R$ 23,4 bilhões
 02/08/2022  1,11%  103.361,70  R$ 25,2 bilhões
03/08/2022 0,40% 103.774,68 R$ 22,2 bilhões
04/08/2022  2,04%  105.892,22 R$ 34,3 bilhões
05/08/2022 0,55%  106.471,92 R$ 26,1 bilhões
08/08/2022  1,81% 108.402,27 R$ 29,8 bilhões
09/08/2022 0,23%   108.651,05 R$ 26,9 bilhões
10/08/2022  1,46% 110.235,76  R$ 28,6 bilhões

DESTAQUES DO IBOVESPA – (pregão à vista)

  • ALTAS IBOVESPA

IRBR3: +8,93%, a R$ 2,44
BPAN4: +8,15%, a R$ 7,43
EZTC3: +8,09%, a R$ 18,98
JHSF3: +7,97%, a R$ 6,37
AMER3: +7,64%, a R$ 14,66

  • BAIXAS IBOVESPA

CPLE6: -1,92%, a R$ 7,17
ENGI11: -1,85%, a R$ 45,20
ELET6: -1,46%, a R$ 49,93
NTCO3: -1,34%, a R$ 16,22
BBSE3: -1,14%, a R$ 29,45

Confira o ranking completo de todos os papéis negociados na B3.

  • 💥 Confira os destaques corporativos de hoje 💥

Alupar (ALUP11)

Alupar, holding que atua nos segmentos de transmissão e geração de energia elétrica, reportou lucro líquido atribuído aos controladores de R$ 180 milhões no segundo trimestre deste ano, queda de 45,8% ante igual período de 2021. Já o lucro líquido no critério consolidado teve queda de 45,6% no comparativo anual, somando R$ 367,9 milhões. Saiba mais…

Armac (ARML3) 

Armac, locadora de equipamentos pesados, registrou lucro líquido ajustado de R$ 30,8 milhões no segundo trimestre de 2022 (2T22), cifra 185,4% maior do que o reportado na mesma etapa de 2021, informou a companhia. Saiba mais…

B3 (B3SA3) 

A B3 registrou redução de 22,8% na movimentação média diária de ações nos pregões de julho. A comparação é feita com julho do ano passado. Em julho deste ano, o volume médio foi de R$ 22,392 bilhões. Saiba mais…

A B3  informou que fará o Resgate Antecipado Facultativo de suas debêntures da 3ª emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, em série única, realizada em 14 de agosto de 2020, quando foram emitidas 355 mil debêntures. Saiba mais…

BR Properties (BRPR3) 

A BR Properties irá pagar juros a debenturistas da 7ª emissão da empresa.

CBA (CBAV3)

Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) registrou lucro líquido de 511 milhões no segundo trimestre de 2022, alta de 29% na comparação com o mesmo período do ano passado. Em relação ao primeiro trimestre deste ano o avanço é de 20%. Saiba mais…

CCR (CCRO3) 

A CCR informou que a movimentação de veículos em suas rodovias caiu 1,5% em junho deste ano. A comparação é feita com o mesmo mês do ano passado. Saiba mais…

Copel (CPLE6)

A Companhia Paranaense de Energia (Copel) registrou prejuízo líquido de R$ 522,3 milhões no segundo trimestre de 2022, revertendo em parte o lucro líquido de R$ 1,00 bilhão obtido no segundo trimestre de 2021. Saiba mais…

CSU Cardsystem (CARD3)

CSU registrou lucro líquido de R$ 17,6 milhões no segundo trimestre de 2022, em alta de 18,4% sobre o lucro líquido de R$ 14,9 milhões obtido no segundo trimestre de 2021. Saiba mais…

Cury (CURY3)

Cury Construtora e Incorporadora apresentou lucro líquido de R$ 92,9 milhões no segundo trimestre do ano (2T22), resultado 20,6% acima do apresentando no 2T21. Saiba mais…

CVC (CVCB3)

A CVC Corp reportou R$ 94,8 milhões de prejuízo líquido no segundo trimestre de 2022. O resultado é 46% melhor do que o registrado no mesmo período de 2021. Já o Ebitda foi negativo em R$ 600 mil, 99,5% melhor do que o visto um ano antes. A receita líquida do grupo foi de R$ 269,7 milhões, alta de 133,5%.

Embraer (EMBR3)

A Embraer e a Avantto anunciaram a assinatura de um contrato do Programa Embraer Executive Care para apoiar a frota de jatos executivos da empresa. Atualmente a Avantto conta com uma frota de sete jatos Phenom, sendo quatro do modelo Phenom 100 e três do modelo Phenom 300. Saiba mais…

A Embraer anunciou parceria com a VOAR Aviation com o objetivo de atendimento não-programados a clientes da competição de Congonhas executivo da Embraer no aeroporto, em São Paulo. Saiba mais…

Guararapes (GUAR3) 

A Guararapes Confecções, dona da rede Riachuelo, registrou lucro líquido de R$ 26,4 milhões no segundo trimestre deste ano, queda de 42,8% na comparação ao mesmo período de 2021. Saiba mais…

Jalles Machado (JALL3)

A Jalles Machado informou que será realizada pela Eco Securitizadora de Direitos Creditórios do Agronegócio a emissão de R$ 120 milhões em certificados de recebíveis do agronegócio (CRAs).

JBS (JBSS3)

A JBS deu férias coletivas para os funcionários de seus abatedouros de Nova Andradina (MS), Pontes e Lacerda (MT), Colíder (MT), Alta Floresta (MT), Redenção (PA) e Tucumã (PA), paralisando temporariamente os abates nessas unidades, que vendem mais para o mercado interno. Saiba mais…

Log-In (LOGN3) 

A companhia de logística Log-In registrou um lucro líquido de R$ 21,9 milhões no segundo trimestre de 2022, número 41,4% menor do que os R$ 37,5 milhões levantados no mesmo período do ano passado. Saiba mais…

Taurus (TASA4) 

A Taurus apurou lucro líquido de R$ 100,8 milhões no segundo trimestre de 2022, resultado que é inferior em 47,9% ao obtido no segundo trimestre de 2022.

Terra Santa (LAND3)

A Terra Santa reverteu o prejuízo obtido no segundo trimestre de 2021 para a obtenção de um lucro líquido de R$ 3,010 milhões no segundo trimestre deste ano.

Unipar (UNIP3/UNIP5/UNIP6)

A Unipar Carbocloro concluiu a constituição da joint venture com a Atlas Lar do Sol Holding (Atlas Renewable Energy) mediante a aquisição de parte das ações de emissão de sociedades de propósito específico (SPEs) detidas pela Atlas Renewable Energy após o cumprimento das condições previstas na Opção de Compra. Saiba mais…

Valid (VLID3) 

Valid registrou prejuízo líquido de R$ 4,3 milhões no segundo trimestre deste ano. O resultado é três vezes menor em relação ao de um ano antes, quando reportou um prejuízo de R$ 17,6 milhões. Saiba mais…

Viveo (VVEO3) 

A Viveo reportou lucro líquido atribuído aos acionistas de R$ 45,6 milhões. Este resultado, do segundo trimestre de 2022, é 79% menor frente ao obtido no mesmo período do ano anterior.

Wilson Sons (PORT3) 

A Wilson Sons divulgou queda de 19,8% na movimentação de contêineres em seus portos. Essa movimentação passou para 68,2 mil TEUS.

(Com informações da CMA, Forbes Money e Momento B3)

Deixe um comentário