Coluna do TradingView: Mercado doméstico passa para o negativo após abertura positiva

LinkedIn

Mercado abriu com uma boa recuperação do selloff de ontem, mas uma hora após a abertura Americana, as bolsas do mundo todo pesaram e seguiram em movimento único para o campo negativo. Confira os estudos dos analistas do TradingView.

Lucas Bento

Depois de um forte movimento de alta, iniciado em meados de julho, o Ibovespa entrou numa forte consolidação, com faixa de movimentação entre 108.500 (suporte) e 114.000 (resistência).

A consolidação é confirmada pelo ADX que indica a ausência de tendência. A consolidação se apresenta em momento no qual e o mercado externo caiu consideravelmente, especialmente o SP500 iniciou um forte movimento de queda, em razão da piora do cenário macro (aperto monetário e inflação alta nos EUA ).

Nesse sentido, vale destacar que, além de ser um suporte, a região dos 108.000 também tem a MM200 que está a reforçar a importância desse ponto, que, se for perdido, deve desencadear um forte movimento de realização.

Os demais indicadores também confirma, pelo menos até o momento, a continuidade da consolidação. Contudo, o único ponto de atenção está justamente nas Bandas de Bollinger um indicativo de abertura, que pode ocasionar um movimento mais direcional, que, nesse contexto, provavelmente deve ser de queda.

Momento de reforçar a cautela nas posições e acompanhar com cuidado se o suporte vai ser respeitado nesse quarto teste. (Ver o gráfico dinãmico).

Filipe Ramos

Eu acredito que o mercado sabe mais do que eu. Mas existem distorções. O mercado já demonstrou que as vezes alguém precisa dizer que o rei está nu. Empresas que valiam muito mais do que a própria receita e que depois desabaram.

M. Dias Branco é uma empresa de qualidade. No entanto de 2020 em diante, devido provavelmente ao custo de produção dado a alta das commodities, a empresa passou a operar no vermelho em vários momentos. Daí em 2022 as commodities corrigiram e aconteceu um short squeeze na empresa. Vendidos tiveram que estopar causando um rally na empresa. Ela valorizou mais de 100% do fundo. Mas esse movimento me pareceu exagerado e por isso acredito que ela deva corrigir.

O ROE caiu muito e o EBITDA está negativo. Com a força do dólar acredito que a empresa não vai recuperar tanto as margens ao período pré-pandemia e com a crise global ela pode perder a receita também. Em termos de valuation ela nunca negociou nos níveis atuais. Realmente acredito que temos uma distorção de preço aqui. (Ver o gráfico completo).

Ricardo Tominaga

Desde jan/20 ALSO3 vem numa forte tendência de baixa.

A estrutura de consolidação lateral que se concluiu em jun/21 é a onda B. A partir de lá, uma onda C de impulso para baixo se desenvolveu até o suporte em S2, concluído assim a fase de correção do ativo.

Os indicadores técnicos e a rejeição do preço à zona de confluência Fibonacci projetada com o Fib360 são indícios de que a tendência de alta de maior escala de tempo pode ter sido retomada. (Mais ideias sobre ALSO3).

Shima Trader

VALE3 por haver muitos gaps no gráfico diário, acho mais fácil olharmos para o semanal, o qual nos mostra claramente que o preço há algum tempo trabalha em tendência lateral.

Então a probabilidade é que se mantenha deste modo, até que tenhamos alguma mudança nítida no seu comportamento. (Mais ideias sobre Vale).

Disclaimer: As análises aqui apresentadas são apenas estudos. Elas não são recomendações de investimento, nem de compra nem de venda, tampouco refletem a opinião do veículo de mídia na qual estão sendo divulgadas. São estudos direcionados a pessoas com conhecimento e experiência no mercado financeiro.

Nossos Autores: Lucas BentoFilipe RamosRicardo Tominaga e Kleber Shimabuku.

Deixe um comentário