ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for smarter Negocie de forma mais inteligente, não mais difícil: Libere seu potencial com nosso conjunto de ferramentas e discussões ao vivo.

Biden se encontra com Xi em meio ao aumento das tensões China-EUA

LinkedIn

O presidente dos EUA, Joe Biden, e o presidente chinês, Xi Jinping, se encontraram na segunda-feira (14) pessoalmente pela primeira vez desde que Biden assumiu o cargo.

“Precisamos traçar o curso certo para o relacionamento China-EUA”, disse Xi na abertura da reunião em mandarim, de acordo com uma transmissão oficial em inglês.

“Precisamos encontrar a direção certa para o relacionamento bilateral daqui para frente e elevar o relacionamento.”

Xi enfatizou a necessidade de aprender com a história, usando-a “como um espelho” para “guiar o futuro”, de acordo com um comunicado do Ministério das Relações Exteriores da China. Ele disse que a relação bilateral não está em uma situação que seja do interesse dos povos dos dois países, e não é o que a comunidade internacional espera.

A reunião ocorreu em Bali, um dia antes do início da cúpula do G-20.

Os EUA e a China podem administrar suas diferenças e impedir que a competição se transforme em conflito, disse Biden, segundo a Reuters. Uma leitura dos comentários de Biden não estava disponível imediatamente.

Os dois líderes realizaram uma videoconferência em novembro de 2021 e, entre outras comunicações, tiveram uma ligação no final de julho.

As tensões entre os EUA e a China aumentaram nos últimos anos, atingindo pontos críticos que vão desde Taiwan e a guerra na Ucrânia, até a capacidade das empresas americanas de vender tecnologia de ponta para empresas chinesas.

Cada presidente foi acompanhado por nove funcionários do governo.

Representantes do lado dos EUA incluíram a secretária do Tesouro Janet Yellen, o secretário de Estado Antony Blinken e o embaixador na China Nicholas Burns.

Acompanhando Xi estavam Ding Xuexiang, um dos novos membros do mais alto círculo de poder da China, e He Lifeng, chefe da Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma. O ministro das Relações Exteriores Wang Yi e o ministro adjunto das Relações Exteriores Hua Chunying também compareceram.

Com informações de CNBC
Saul Loeb | Afp | Imagens Getty

Deixe um comentário