ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for smarter Negocie de forma mais inteligente, não mais difícil: Libere seu potencial com nosso conjunto de ferramentas e discussões ao vivo.

Momento Cripto (09/10/2023): Criptos em queda, Binance lança copy trading em futuros, e mais

LinkedIn

Criptomoedas caem com aversão ao risco, mas mantêm posições-chave

No início da semana, o Bitcoin (COIN:BTCUSD) e outras criptomoedas registraram quedas devido a uma aversão ao risco nos mercados globais. O Bitcoin caiu mais de 1% nas últimas 24 horas, a cerca de US$ 27.632 após atingir US$ 28.000 durante o fim de semana. Apesar da queda, o Bitcoin permanece acima da faixa de US$ 26.000 e está em uma tendência de alta, mas enfrenta resistência na média móvel de 200 dias. Ethereum (COIN:ETHUSD), Ripple (COIN:XRPUSD), Solana (COIN:SOLUSD), Shiba Inu (COIN:SHIBUSD) e Dogecoin (COIN:DOGEUSD) estão em queda de mais de 3% nas últimas 24 horas. Outra influência para a queda no preço do Ether seria uma carteira associada à Ethereum Foundation vender mais de 1.700 ETH por US$ 2,7 milhões em USDC. Embora a Ethereum Foundation não tenha divulgado seus planos para os rendimentos, a venda pode ter provocado uma reação nos traders. A Ethereum Foundation é influente na comunidade Ethereum, embora não tenha controle centralizado sobre a rede.

Investimentos em ativos digitais atraem US$ 78 milhões na maior entrada em meses

Produtos de investimento em ativos digitais, como fundos Solana (COIN:SOLUSD) e Bitcoin (COIN:BTCUSD), registraram a maior entrada em gestoras de ativos, incluindo CoinShares, Grayscale e outras, totalizando US$ 78 milhões. Os fundos Solana tiveram suas maiores entradas desde março de 2022, somando US$ 24 milhões, enquanto o Bitcoin liderou as entradas gerais, com US$ 43 milhões. A Europa superou os EUA nas entradas, representando 90% dos fluxos. O lançamento de ETFs de futuros de Ether nos EUA atraiu menos de US$ 10 milhões, refletindo um apetite morno dos investidores.

Bitstamp em negociações para ajudar grandes bancos europeus a oferecer serviços de criptografia

A Bitstamp, uma das exchanges de criptomoedas mais antigas, está em negociações com três grandes bancos europeus para ajudá-los a lançar serviços de criptografia no primeiro trimestre do próximo ano. Isso ocorre devido à regulamentação favorável da União Europeia, enquanto nos EUA, reguladores mais rígidos estão forçando empresas a considerar mudar para o exterior. A Bitstamp, comprometida com a conformidade regulatória, está vendo crescente interesse de instituições financeiras tradicionais na Europa e está desenvolvendo produtos regulamentados, como swaps perpétuos.

Exchanges cripto buscam parceiros locais para continuar operações no Reino Unido

Após a Bybit encerrar suas operações no Reino Unido devido a novas regras de marketing de criptomoedas, outras exchanges estrangeiras, como Coinbase (NASDAQ:COIN), OKX e Binance, estão se associando a parceiros locais para cumprir as regulamentações. Esses acordos permitem que essas plataformas continuem a atender clientes no Reino Unido, apesar das novas regras da Financial Conduct Authority (FCA). A FCA também emitiu um aviso alertando que 143 entidades operam no Reino Unido sem permissão, incluindo a HTX e a KuCoin. A FCA reiterou a necessidade de todas as empresas financeiras no Reino Unido serem autorizadas ou registradas. O regulador também recordou o prazo de 8 de outubro para o cumprimento das novas diretrizes de promoção financeira. Empresas como Binance e OKX reestruturaram seus negócios para conformidade, enquanto outras suspenderam operações no Reino Unido para se adequar às regulamentações.

Komainu registra-se na FCA

A Komainu, uma joint venture de custódia de criptomoedas envolvendo a Nomura, Ledger e CoinShares, obteve com sucesso o registro na Financial Conduct Authority (FCA). Esse registro ocorreu antes das novas regras de promoções entrarem em vigor, exigindo que empresas registradas no Reino Unido aprovem seus próprios anúncios e comuniquem avisos de risco adequados aos usuários.

Deribit expande oferta de opções para altcoins e planeja licença na UE

A Deribit, a maior exchange de opções de criptomoedas, anunciou que está adicionando opções para Solana (COIN:SOLUSD), Polygon (COIN:MATICUSD) e Ripple (COIN:XRPUSD) à sua plataforma. Esta expansão ocorre apesar da incerteza regulatória e tem como objetivo aumentar a liquidez no mercado. Além disso, a Deribit planeja obter uma licença de corretagem na União Europeia (UE) como parte de sua expansão europeia. A exchange atualmente controla mais de 85% do mercado de opções de ativos digitais e pretende continuar fortalecendo sua posição como líder do setor.

Binance introduz recurso de copy trading para produtos futuros em mercados selecionados

A Binance, a maior exchange de criptomoedas do mundo em volume, lançou o copy trading em produtos futuros em mercados específicos. Este recurso permite que usuários copiem as estratégias e carteiras de traders experientes. Os usuários registrados podem atuar tanto como copy traders quanto como traders líderes, recebendo uma participação nos lucros de 10% ao liderar. Isso deve aumentar o envolvimento na comunidade de negociação da Binance.

Upbit enfrenta milhares de tentativas de hacks

No primeiro semestre deste ano, hackers tentaram invadir a Upbit, a principal exchange de criptomoedas da Coreia do Sul, quase 160.000 vezes, de acordo com a controladora Dunamu. Essas tentativas, cerca de 879 por dia em média, representaram um aumento de 2,17 vezes em relação ao mesmo período no ano anterior. Embora detalhes específicos não tenham sido mencionados, a Upbit é uma exchange de grande destaque que negocia bilhões de dólares em tokens e é conhecida por seu alto volume de negociações.

Hacker devolve 5.000 ETH roubados da HTX com bônus de whitehat

O hacker responsável pelo ataque à exchange de criptomoedas HTX devolveu cerca de 5.000 ETH roubados e recebeu um bônus de whitehat de 250 ETH (US$ 400.000) do fundador da Tron, Justin Sun. Os fundos foram retornados em duas transações após o ataque em setembro, e a HTX cobriu integralmente suas perdas. O hacker também compartilhou informações sobre uma vulnerabilidade de segurança com a empresa.

Bitmain, gigante da mineração de Bitcoin, suspende pagamento de salários

A Bitmain, um dos maiores fabricantes de circuitos integrados específicos de aplicativos Bitcoin (ASIC) do mundo, enfrenta uma crise financeira, cortando bônus, incentivos e salários de funcionários. A empresa não pagou os salários desde setembro e reduziu os salários base em 50%. A medida foi tomada devido a dificuldades financeiras causadas pela falta de fluxo de caixa positivo, especialmente nas vendas de novos ASICs. A empresa planejava uma oferta pública inicial avaliada em US$ 5 bilhões, mas a situação do mercado em baixa pode ter interrompido esses planos.

CEO da OpenAI critica regulação dos EUA sobre criptomoedas

Sam Altman, fundador da Worldcoin (COIN:WLDUSD) e CEO da OpenAI, expressou preocupações sobre a crescente regulamentação do governo dos EUA sobre criptomoedas, comparando-a a uma “guerra” contra a indústria. “Há muitas coisas que estou desapontado com o fato de o governo dos EUA ter feito recentemente, mas a guerra contra a criptografia – que eu acho que é algo como, não podemos desistir disso, como se vamos controlar isso e tudo aquilo – isso é o que me deixa muito triste no país”, disse Altman em um episódio do podcast de Joe Rogan. Altman elogiou o potencial do Bitcoin (COIN:BTCUSD) como uma moeda universal e ressaltou a importância de uma moeda global fora do controle governamental. Ele também expressou preocupações com a vigilância estatal em um mundo cada vez mais digitalizado e criticou a privacidade da Worldcoin. Altman não se opôs à regulamentação, mas enfatizou a necessidade de equilíbrio e eficácia regulatória.

Caroline Ellison deve testemunhar em julgamento de SBF

Caroline Ellison, ex-parceira romântica de Sam Bankman-Fried e CEO da Alameda Research ligada à FTX, está programada para testemunhar no julgamento de fraude da FTX. Ela pode fornecer informações sobre a movimentação de fundos de clientes entre as empresas e deve destacar uma reunião de novembro de 2022 em que admitiu o uso de fundos de clientes para reembolsar credores, com aprovação de Bankman-Fried. O julgamento concentra-se nas acusações de conspiração e fraude relacionadas ao colapso da FTX, que Bankman-Fried nega. O cofundador da FTX, Gary Wang, testemunhou na semana passada que a exchange manipulou a quantidade de dinheiro em seu fundo de seguros. Wang explicou que a exchange usou um número aleatório – aproximadamente 7.500 – multiplicado pelo volume diário da plataforma e depois dividido por um bilhão para determinar a quantidade de dinheiro adicionada ao o fundo. Mas esse número exibido não era a realidade do que estava sendo guardado. Esses fundos de seguros são essenciais para cobrir perdas e garantir a estabilidade das operações em exchanges de criptomoedas.

Consultor utilizou sua carteira de hardware para proteger ativos durante hack da FTX

Durante o hack da FTX em 2022, o consultor Kumanan Ramanathan usou sua carteira de hardware Ledger Nano pessoal para proteger ativos da exchange. Retiradas suspeitas alarmaram a equipe da FTX, resultando em Ramanathan realocando entre US$ 400 e US$ 500 milhões de criptomoedas da empresa para seu dispositivo. Essa medida ajudou a mitigar perdas adicionais durante o hack. Posteriormente, os ativos foram transferidos para a custódia da BitGo e a Comissão de Valores Mobiliários das Bahamas para proteção.

Ex-diretor de empreendimentos da OpenSea enfrenta acusações no caso AnubisDAO

Kevin Pawlak, ex-chefe de empreendimentos da plataforma NFT OpenSea, está sob acusações relacionadas ao incidente AnubisDAO de 2021, conforme revelado por uma conta anônima chamada NFT Ethics em 6 de outubro. A OpenSea afirmou não haver evidência conclusiva de seu envolvimento. As alegações levaram a debates e investigações na comunidade criptográfica, embora não haja prova definitiva que o ligue ao caso. ANFT Ethics apontou transações de Ethereum (COIN:ETHUSD) como evidência, mas críticos consideram essas descobertas inconclusivas. A controvérsia destaca desafios de responsabilidade na indústria criptográfica, mas ainda carece de prova definitiva contra Pawlak.

Rug Pull na Lucky Star Currency

A altcoin Lucky Star Currency (LSC), baseado na Binance Smart Chain, enfrentou um golpe, de acordo com relatórios da PeckShield, uma empresa de segurança blockchain. O desenvolvedor do LSC conseguiu atrair US$ 1,11 milhão dos usuários, resultando na desvalorização do token para quase zero. A moeda perdeu mais de 98% de seu valor, destacando os crescentes golpes maliciosos na indústria de criptografia e DeFi. Esse tipo de fraude, conhecido como “rug pull”, envolve a drenagem dos fundos dos investidores quando o token cai drasticamente de valor. A Binance Smart Chain tem visto um aumento significativo em tokens fraudulentos, com 12% deles sendo identificados como “puxadores de tapete”.

Vice-Governador do Banco da Itália defende euro digital como substituto de banqueiro cético

Piero Cipollone, vice-governador do Banco da Itália desde 2020, expressou seu apoio aos planos de um euro digital durante uma audiência parlamentar, onde buscou aprovação para suceder o atual membro do conselho executivo do Banco Central Europeu (BCE), Fabio Panetta, na moeda digital do banco central (CBDC). Cipollone enfatizou a importância de um euro digital para facilitar transações públicas em toda a Europa, prometendo funcionalidades offline e medidas de privacidade robustas. Seu mandato de oito anos já foi aprovado, tornando sua ascensão ao cargo iminente, apesar do ceticismo anterior em relação à CBDC por parte de Panetta e legisladores da UE.

Filme financiado por NFTs ‘Calladita / The Quiet Maid’ garante acordo de vendas global

O filme ‘Calladita / The Quiet Maid’, financiado pela venda de tokens não fungíveis (NFTs), assegurou um acordo de vendas global. Esta é a primeira longa-metragem europeia financiada por NFTs, dirigida por Miguel Faus. Os direitos mundiais de venda foram adquiridos pela empresa FilmSharks. O filme estreará em novembro no Festival de Cinema de Tallinn e conta com o apoio de Steven Soderbergh, diretor e produtor renomado.

Deixe um comentário

Seu Histórico Recente

Delayed Upgrade Clock