ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for default Cadastre-se gratuitamente para obter cotações em tempo real, gráficos interativos, fluxo de opções ao vivo e muito mais.

Ibovespa sobe 0,24%, com volume baixo devido ao feriado nos Estados Unidos

LinkedIn

O Ibovespa encerrou o pregão desta segunda-feira (19) em alta, com volume baixo devido ao feriado nos Estados Unidos. Além disso, o índice refletiu a cautela dos investidores diante da agenda da semana, que inclui a divulgação da Ata do Federal Reserve, balanços corporativos e o retorno dos trabalhos em Brasília.

O Índice Bovespa (Ibovespa), que reflete o desempenho médio das cotações das principais ações de empresas negociadas na BM&FBOVESPA, é formado pelas ações com maior volume negociado nos últimos meses.

O Ibovespa subiu 0,24%, a 129.035,14 pontos. Na máxima do dia, chegou a 129.044,37 pontos. Na mínima, a 128.096,54 pontos.

“Sem um forte referencial externo, os ativos locais tendem a mostrar menor liquidez e oscilar mais perto da estabilidade”, afirmou a equipe da Ágora Investimentos em relatório enviado a clientes.

Pela manhã, o Banco Central divulgou o Índice de Atividade Econômica do BC (IBC-Br), conhecido como a prévia do PIB. O indicador cresceu 0,82% em dezembro ante novembro, em dado dessazonalizado, superando a expectativa em pesquisa da Reuters, que previa um avanço de 0,75%. No quarto trimestre, a expansão alcançou 0,22% sobre os três meses anteriores, também em dado dessazonalizado.

O dólar à vista oscilou em margens estreitas em relação ao real e fechou em leve baixa, em um dia sem referências fortes para as cotações e com sinais divergentes para a moeda norte-americana no exterior. O dólar caiu 0,09%, cotado a 4,9621 reais na venda. Em fevereiro, a moeda norte-americana acumula alta de 0,48%.

No cenário corporativo, os bancos se destacaram, com alta na sessão desta segunda-feira, após o Citi elevar o preço-alvo de algumas instituições financeiras. O Citi apontou o Itaú (ITUB4) como a melhor opção do setor bancário e elevou o preço-alvo da ação de R$ 36 para R$ 37, com recomendação de compra. Além disso, foram elevadas as projeções de lucro para 2024 e 2025 do BTG (BPAC11) em 7% e 9%, respectivamente, e o preço-alvo passou de R$ 33 para R$ 37.

Na ponta positiva, também se destacaram as ações da Cogna (COGN3) e Yduqs (YDUQ3), que ainda se beneficiam do otimismo com a divulgação do Fies Social, programa lançado na última sexta-feira, que custeará 100% dos cursos em instituições de ensino superior para estudantes com renda de até meio salário mínimo e que estejam inscritos no CadÚnico.

Entre os destaques negativos, a Marfrig (MRFG3) caiu após uma casa de análise recomendar a venda das ações. A empresa também reiterou que os resultados no terceiro trimestre foram fracos.

Em Wall Street, os principais índices acionários e o mercado de renda fixa permaneceram fechados no dia de hoje, por conta do feriado do dia do Presidente nos Estados Unidos.

Com uma sessão mais curta, os futuros dos índices operaram até as 12h (horário de Nova York), mas com baixa liquidez e sem grandes oscilações.

O Dow Jones, S&P500 e o Nasdaq 100 futuro encerraram em alta de 0,04%, 0,09% e 0,25%, respectivamente.

Data Variação Pontuação Volume Financeiro
02/02/2024 -1,01%  127.182,25  R$ 23,7 bilhões
05/02/2024 0,32%  127.593,49 R$ 19,5 bilhões
06/02/2024 2,21% 130.416,31 R$ 27,2 bilhões
07/02/2024 -0,35% 129.949,90  R$ 27,9 bilhões
08/02/2024 – 1,33% 128.216,92 R$ 26,3 bilhões
09/02/2024 – 0,15% 128.025,70 R$ 23,6 bilhões
14/02/2024 -0,79%  127.018,29 R$ 40,8 bilhões
15/02/2024 0,62% 127.804,13 R$ 22,9 bilhões
16/02/2024 0,72% 128.725,88 R$ 23,3 bilhões
19/02/2024 0,24%  129.035,74  R$ 13,3 bilhões

DESTAQUES DO IBOVESPA – (pregão à vista)

  • ALTAS IBOVESPA

LWSA3: +5,72% a R$ 5,73
CVCB3: +4,13% a R$ 3,28
COGN3: +2,48% a R$ 2,48
MGLU3: +2,45% a R$ 2,09
CMIG4: +2,06% a R$ 11,90

  • BAIXAS IBOVESPA

MRFG3: -4,09% a R$ 8,68
RDOR3: −4,05% a R$ 25,35
CRFB3: −2,52% a R$ 10,85
CMIN3: −2,46% a R$ 6,35
VAMO3: −2,30% a R$ 8,10

Confira o ranking completo de todos os papéis negociados na B3.

  1. 💥 Confira os destaques corporativos de hoje 💥

    Alupar (ALUP11)

    A Alupa comunicou que sua controlada, UFV Pitombeira, localizado no complexo eólico Energia dos Ventos, no município de Aracati, estado do Ceará, com potência instalada de 61,7 MWp e garantia física de 15,9 MW médios, obteve, nesta data, autorização para início da operação comercial, conforme despacho Aneel nº 438/24 publicado no Diário Oficial. Saiba mais…

    Ânima Educação (ANIM3)

    A Ânima firmou um termo de ajuste de participação societária com a DNA Capital Consultoria e fundos de investimentos em participações sob sua gestão que resultará em um ajuste na participação da DNA Capital na Inspirali, subsidiária da Ânima Educação, equivalente a 0,99%, levando a DNA Capital a uma participação total final na Inspirali equivalente a 25,99% de seu capital social total e votante. Saiba mais…

    Banrisul (BRSR6)

    O Banrisul recebeu um ofício da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) no qual a autarquia comunica o deferimento do pedido de registro da oferta pública de aquisição de ações de emissão da Banrisul Armazéns Gerais (Bagergs), sua controlada, para o cancelamento de seu registro de companhia aberta. Saiba mais…

    Carrefour Brasil (CRFB3)

    O Carrefour Brasil afirmou que os cargos ocupados pelo empresário Abilio Diniz, que morreu neste fim de semana aos 87 anos, ficarão vagos momentaneamente, até que o conselho de administração da rede varejista tome decisão sobre seus sucessores. Saiba mais…

    Eletrobras (ELET3/ELET5/ELET6)

    A Eletrobras informou que permanece, pelo quarto ano consecutivo, no S&P Global Sustainability Yearbook 2024 e que avançou para a classificação A- (leadership) nas dimensões Climate Change e Water Security 2023, do CDP Disclosure Insight Action, anteriormente conhecida como Carbon Disclosure Project. Saiba mais…

    Hidrovias do Brasil (HBSA3)

    A Hidrovias do Brasil comunicou que transportou minério de ferro em meio a cenário de águas baixas no Corredor Sul durante o mês de janeiro de 2024.

    Klabin (KLBN11)

    A Klabin informou que iniciou a operação de uma nova impressora na Unidade Horizonte, no Ceará. Este passo conclui o projeto de expansão da Unidade, iniciado em 2022. Saiba mais…

    Oi (OIBR3)

    A 7ª Vara Empresarial do Estado do Rio de Janeiro publicou nesta sexta-feira edital de convocação para assembleia geral de credores (AGC) da Oiem 5 de março, às 11h, para deliberar sobre o plano de recuperação judicial da companhia.

    Petrobras (PETR3/PETR4)

    A Petrobras informou que foi postergada, desta segunda-feira (19/2) para 14 de junho a data de recebimento de propostas das licitações para contratação dos FPSOs (unidade flutuante de armazenamento e transferência) para os Projetos SEAP-I e SEAP-II. Saiba mais…

    A Petrobras só vai entrar nos negócios de parques eólicos offshore depois que existir um marco regulatório, informou o diretor de Sustentabilidade da estatal, Mauricio Tolmasquim. Saiba mais…

    Petrorecôncavo (RECV3)

    A PetroReconcavo informou os dados de produção e entrega preliminares e não auditados referentes ao mês de janeiro de 2024. Saiba mais…

    Santander (SANB11)

    O Santander anunciou um novo programa de recompra de ações no valor de 1,46 bilhão de euros e disse que aumentará dividendos por ação de 2023 em cerca de 50%. Saiba mais…

    Sequoia (SEQL3)

    A Sequoia prestou esclarecimentos, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e B3, sobre uma notícia vinculada no jornal Valor Econômico, a respeito de um possível requerimento de falência formulado pela Talent Trabalho Temporário e Terceirizado Ltda. Saiba mais…

    Vale (VALE3)

    O conselho de administração da Vale vai se reunir, na próxima quinta-feira (22/2) para aprovar o balanço do 4T da mineradora. Saiba mais…

    (Com informações da Forbes Money, TC Mover e Momento B3)

Deixe um comentário