ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for default Cadastre-se gratuitamente para obter cotações em tempo real, gráficos interativos, fluxo de opções ao vivo e muito mais.

Meio-Dia Mercado: Ibovespa operava em alta consistente, com alívio da prévia da inflação (IPCA-15) e expectativa de estímulos na China.

LinkedIn

O índice Ibovespa operava com alta de 1,28%, na casa dos 131 mil pontos, com prévia da inflação (IPCA-15) abaixo do esperado e expectativa de mais estímulos na China.

Mais cedo, foi divulgado o IPCA-15.  A prévia da inflação ficou em 0,78% em fevereiro, 0,47 ponto percentual (p.p.) maior que a de janeiro, quando variou 0,31%. O resultado foi, em grande parte, influenciado pelo grupo Educação, com alta de 5,07% e impacto de 0,30 p.p. no índice geral. O grupo foi puxado pelos cursos regulares, que tiveram alta de 6,13%. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15). No ano, o índice acumula alta de 1,09% e nos últimos 12 meses, de 4,49%, acima dos 4,47% observados nos 12 meses imediatamente anteriores. Em fevereiro de 2023, o IPCA-15 foi de 0,76%. Fonte: IBGE e refere-se aos preços coletados no período de 16 de janeiro a 15 de fevereiro de 2024.

O Boletim Focus, a estimativa do IPCA para este ano passou de 3,82% para 3,80% na semana. Para o produto interno bruto (PIB), a mediana das projeções de 2024 avançou de uma expansão de 1,68% para 1,75%.

Destaque para as ações da BRF, que sobe mais de 5,0%, após a divulgação dos bons resultados de 4TRI.

Os papéis do PCAR3 opera entre as maiores altas, após o tribunal europeu aprovar a reestruturação do Casino.

Nos Estados Unidos,  as bolsas operam em baixa,  Dow Jones: -0,25%, S&P 500: -0,05%, Nasdaq: -0,03%, com os investidores relutantes em fazer grandes apostas no aguardo de dados econômicos importantes e mais comentários dos dirigentes do Fed nos próximos.

Entre as leituras que estão em foco na semana, os destaques são PIB e PCE,  indicador de inflação preferido do Fed. Os mercados já reduziram as expectativas de uma flexibilização rápida e antecipada do BC americano, após dados indicadores de emprego e inflação adiarem apostas num primeiro corte para junho ou julho.

Os rendimentos dos títulos do Tesouro de 10 anos permaneceram estáveis ​​em 4,29%, com viés de alta. O dólar cai ante moedas emergentes. Aqui, cede a R$ 4,9535  (-0,56%), seguido pelos juros futuros. Ante pares, a moeda reduziu as perdas e há pouco era estável, com o DXY aos 103,836 pontos (+0,01%).

Termômetro B3 Maiores Altas  ⬆️

Ação Variação Cotação R$
PCAR3 +8,86% 3,81
BRFS3 +6,78% 14,94
MRFG3 +5,50% 8,06

Maiores Baixas  ⬇️

Ação Variação Cotação R$
CIEL3 -0,55% 5,39
PRIO3 -0,50% 45,62
VBBR3 -0,69% 25,73

Ranking da Bovespa: Confira o Ranking completa das ações negociadas na B3

Destaques Empresas B3

Não deixe de acompanhar a notícia de todas as empresas da B3 no dia de hoje.

Acompanhe o Momento B3 agora!

💡 ADVFN Scanner busca automaticamente as melhores oportunidades de trade e diferentes sinais de mercado como candles de reversão, quebras de suporte/resistência e indicadores.

 Com informações do BDM , B3

Deixe um comentário