A companhia de alimentos JBS anunciou que seu incubatório de frangos de corte localizado na cidade de Rolândia (PR) recebeu investimentos de R$ 135 milhões para voltar a operar na segunda quinzena de fevereiro.

O incubatório, responsável por 12% dos pintinhos produzidos pela unidade Seara da JBS, foi reconstruído em dez meses, após incêndio ocorrido na unidade em 2023.

A instalação, considerada a maior do país, tem capacidade de incubação de mais de 16 milhões de ovos férteis por mês, disse a JBS, em comunicado antecipado à Reuters.

Rolândia, no norte do Paraná, já conta com complexos indústrias da JBS (BOV:JBSS3), incluindo uma unidade de processamento de frangos.

Em outubro, a empresa inaugurou no município uma fábrica de empanados de frango e outra de salsichas da Seara que receberam investimentos de 1 bilhão de reais.

O incubatório de Rolândia atenderá municípios como Campo Mourão, Santo Inácio e Jaguapitã, mas estará habilitado para atender outras unidades, se houver a necessidade, disse a empresa.

“Além das melhorias do processo, a incubação realizada mais próxima as granjas reduz o tempo de deslocamento de ovos e pintos, resultando em um serviço ainda melhor aos nossos parceiros integrados”, ressaltou o gerente-executivo de Sustentabilidade Agropecuária da Seara, Vamiré Luiz Sens Júnior, em nota.

A JBS destacou que, com a instalação do processo de osmose reversa, que realiza a filtragem da água por meio de equipamentos próprios para reter as partículas e poluentes físicos e microbiológicos, a unidade também economizará cerca de 200 mil litros de água por mês com o uso de água destilada nos processos de incubação.

Informações Reuters
JBS ON (BOV:JBSS3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Jun 2024 até Jul 2024 Click aqui para mais gráficos JBS ON.
JBS ON (BOV:JBSS3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Jul 2023 até Jul 2024 Click aqui para mais gráficos JBS ON.