Europa fecha de forma mista, com investidores digerindo dados da Zona do Euro e da China

LinkedIn

As bolsas europeias fecharam de forma mista na tarde de terça-feira, com os investidores digerindo dados da zona do euro e da China, e monitorando os desenvolvimentos da Apple.

O Dow Jones Industrial Average dos EUA também caiu na terça-feira, quando o mercado deu uma pausa após seu melhor desempenho de agosto desde os anos 1980. O S&P estava sendo negociado estável e o Nasdaq Composite resistiu à tendência de alta de 0,5%.

Olhando para as ações individuais, os fabricantes de chips europeus ganharam um impulso com um relatório de que a Apple planeja fazer 75 milhões de iPhones 5G antes de seu lançamento no final deste ano. Os fornecedores da Apple, Dialog Semiconductor, Infineon, STMicro e ASML aumentaram mais de 1%. O setor mais amplo cresceu 1,2% no fechamento.

Com relação aos dados, os números da China mostraram que a atividade manufatureira na segunda maior economia do mundo se expandiu em sua taxa mais rápida em quase 10 anos. O Índice de Gerentes de Compras (PMI) de manufatura Caixin / Markit da China para o mês de agosto ficou em 53,1. As leituras do PMI acima de 50 indicam expansão, enquanto aquelas abaixo desse, sinal de contração. A leitura superou as expectativas e levou o yuan onshore da China a se fortalecer em relação ao dólar americano, sendo negociado pela última vez em 6,8213.

Na Europa, os dados de inflação da zona do euro ficaram bem abaixo das expectativas, aumentando as especulações de que o Banco Central Europeu terá que agir mais cedo ou mais tarde. A inflação anual deve chegar a -0,2% em agosto, ante 0,4% em julho. Números separados para a região também por zona revelaram que a taxa de desemprego voltou a subir, para 7,9% no mês de julho.

As ações da AstraZeneca caíram na tarde de terça-feira, perdendo ganhos iniciais, apesar da notícia de que havia ampliado um acordo com a Oxford Biomedica para produzir sua vacina potencial Covid-19.

Euro Stoxx 50 (STOXX:SX5E) índice formado pelas 50 ações com maior liquidez, fechou em alta de 0,3%, sendo cotado a 3.277,58.

Confira o Ranking dos papéis que mais subiram e caíram na Euronext.

O índice FTSE 100 (FTSE:UKX), principal indicador de desempenho do mercado acionário do Reino Unido representando a variação das cem principais companhias da Inglaterra, fechou em baixa, cotado a 5.862,05. Veja o desempenho de todos os ativos da terra da rainha.

Em Paris, o Índice CAC 40 (EU:PX1), composto por ações das 40 maiores companhias negociadas na Bolsa de Valores da Euronext Paris, caiu 0,2%.

Na Itália, o índice BIT (BITI:FTSEMIB), composto por ações das 40 maiores companhias negociadas na Bolsa de Valores de Milão, representando 10 diferentes setores da economia italiana desvalorizou 0,20%.

Confira o Toplist da principal bolsa italiana.

Na Alemanha, o índice DAX (DBI:DAX), composto pelas ações das 30 de empresas negociadas na Bolsa de Valores de Frankfurt (Deutsche Börse), fechou em alta de 0,2%, sendo cotado a 12.974,25. Confira o ranking completo dos papéis negociados na Alemanha.

Deixe um comentário