Venda de Títulos Públicos no Tesouro Direto

A fim de conceder liquidez aos títulos públicos adquiridos no Tesouro Direto, o Tesouro Nacional realiza recompras semanais, entre 9 (nove) horas das quartas-feiras e 5 (cinco) horas das quintas-feiras.

Ou seja, o investidor pode vender antecipadamente os títulos adquiridos no Tesouro Direto ao Tesouro Nacional, semanalmente.

A operação de venda de títulos públicos através do Tesouro Direto é realizada da mesma maneira que a operação de compra.Nos dias de recompra, normalmente às quartas-feiras, basta acessar a área restrita do website Tesouro Direto e escolher a quantidade desejada de títulos que você deseja vender.

 

Horário de Funcionamento 

Os investidores podem realizar vendas no Tesouro Direto das 9 (nove) horas da manhã de quarta-feira até as 5 (cinco) horas da manhã de quinta-feira.

Saiba mais

 

Preço de Venda

O preço de venda dos títulos públicos pelo investidor através do Tesouro Direto é calculado pelo Tesouro Nacional com a aplicação de um spread sobre o preço de compra. O Tesouro Nacional pode alterar o preço das ofertas pelos títulos a qualquer momento.

Saiba mais

 

Prazo de Liquidação

Os recursos resultantes de venda antecipada de títulos estarão disponíveis na Instituição Financeira, a partir de 13h00 de D+1, onde D é o dia da venda, que se estende de 9h00 de D até às 5h00 de D+1 (dia seguinte ao dia da venda). 

Saiba mais

 

Limite de Venda

Não há limite financeiro para vendas de títulos públicos através do Tesouro Direto.

 

Reunião do COPOM

Quando ocorre reunião do Copom (Comitê de Política Monetária) em uma quarta-feira, a venda e a recompra dos títulos disponíveis ocorrem até às 17h00 deste dia. A partir deste horário, somente permanecem a compra e venda de Tesouro Selic. No entanto, das 9h de quinta-feira às 5h de sexta-feira, o Tesouro Nacional volta à recompra de todos os títulos e na venda dos títulos atualmente ofertados, inclusive das Tesouro Selic. Essas medidas ocorrem para evitar que as decisões do COPOM acerca da meta da taxa SELIC possam afetar as negociações no Tesouro Direto, sem que haja um correspondente efeito no mercado secundário.

Além disso, em relação aos títulos que pagam cupons de juros (Tesouro IPCA, Tesouro IGP-M com Juros Semestrais e Tesouro Prefixado com Juros Semestrais), a compra será suspensa 3 (três) dias úteis antes do vencimento do cupom, enquanto que a venda pelo investidor (recompra) será suspensa 2 (dois) dias úteis antes. As negociações serão retomadas na data do vencimento do cupom, visto que a precificação é feita para D+1 e já contempla o pagamento do mesmo.

 

Prazo de Carência

Não há prazo de carência para o investidor revender os títulos ao Tesouro Direto, nem limite do valor da recompra. Ressaltamos que os títulos públicos são recomprados aos preços de mercado na referida data.

Se o investidor permanecer com os títulos até a sua data de vencimento, receberá o valor correspondente à rentabilidade pactuada no momento da compra, independente das variações de preço do título ao longo da aplicação. Entretanto, no caso da venda antecipada, o Tesouro Nacional recompra o título com base em seu valor de mercado. Logo, na venda antes do vencimento, o retorno da aplicação poderá ser diferente da acordada no momento da compra, dependendo do preço do título no momento em que o investidor decidir vender o título.

Seu Histórico Recente
BOV
VALE5
Vale PNA
BOV
IBOV
iBovespa
BOV
PETR4
Petrobras
BOV
IGBR3
IGB SA
FX
USDBRL
Dólar EUA ..
Ações já vistas aparecerão nesta caixa, facilitando a volta para cotações pesquisadas anteriormente.

Registre-se agora para criar sua própria lista de ações customizada.

Ao acessar os serviços da ADVFN você estará de acordo com os Termos e Condições

P: V:br D:20201128 02:37:12