TOP 5 ADVFN News: Confira as notícias mais lidas da semana

LinkedIn

Fique por dentro do que rolou durante essa semana no Jornal ADVFN

1. XP e Itaú: como a fusão pode impactar o mercado

No último dia 11, o Itaú, maior banco do país, anunciou a compra de 49,9% da XP Investimentos, maior corretora do país. Alguns dias após o anúncio, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) considerou a fusão complexa e solicitou informações adicionais. De acordo com o órgão, o procedimento deve afetar a concorrência do setor. Em entrevista com o advogado Tito Malta, sócio do escritório Ambiel, Manssur, Belfiore e Malta advogados, ele analisa a fusão. Leia

2. 10 ações para ter antes dos resultados do 3º trimestre

A temporada de resultados do terceiro trimestre promete trazer surpresas positivas para o mercado. As empresas que conseguiram sobreviver à maior crise econômica da história do país começam a publicar o balanço de um período de austeridade e cortes de custos. A consequência, em muitos casos, é a recuperação das margens. Saiba mais

Clique aqui e confira o TOP 5 ADVFN News da última semana

3. Alta de 120% ainda não é o bastante: por que os analistas seguem preferindo Usiminas à Gerdau?

Uma empresa tem alta de 120% no ano – e ainda sem previsão de quando vai parar. Enquanto isso, uma outra companhia do mesmo setor, antes preferida, vê seus papéis avançarem apenas 5% neste ano – sendo constantemente preterida pelos bancos nas últimas análises. Uma companhia é a Usiminas (USIM5), que mais que dobrou de valor de mercado este ano, enquanto a outra é a apática Gerdau (GGBR4), que teve recomendação reduzida de compra para neutra nesta quarta-feira, pelo Bradesco BBI, além da recomendação, o preço alvo foi cortado de R$ 18,00 para R$ 12,00. Saiba mais

4. Mercado financeiro eleva projeção para inflação pela terceira vez seguida

Após seis semanas de redução, o mercado financeiro elevou mais uma vez a projeção para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). A previsão é de que a inflação feche o ano de 2017 em 3,06%.
A nova previsão mantém a inflação abaixo da meta central para 2017, que é de 4,5%. Além disso, a inflação estimada pelo mercado para este ano está abaixo do piso de 3% do sistema brasileiro de metas. Se a expectativa se confirmar, será a primeira vez que a inflação ficará abaixo do piso do regime de metas, que começou em 1999. Saiba mais

5. SegWit2X: dissecando o manifesto tabajara do Ulrich

“Apesar disso, acredito que todos têm o direito de se manifestar e expor suas opiniões, desde que elas sejam realmente embasadas e não queiram representar a opinião de alguém, como eu, que se considera parte da tal comunidade, mas que discorda profundamente dos pontos apresentados. Como escrevi e repito: aquilo é um manifesto tabajara. Se você acredita no Bitcoin como uma espécie de conceito ideológico e libertário, você, muito provavelmente, jamais conseguirá entender a grandeza da tecnologia Bitcoin e os argumentos de quem olha para o protocolo sob o ponto de vista técnico e pragmático.” Saiba mais

Deixe um comentário