Embraer cai 7% com acordo com a Boeing; BTG vê valor atribuído abaixo do esperado

LinkedIn

Investing.com – As ações da Embraer (BOV:EMBR3operam com forte queda de 7,05% a R$ 25,05, após a companhia anunciar na manhã desta quinta-feira que fechou acordo com a Boeing para a formação de uma joint-venture. O valor atribuído ao novo negócio de aviação comercial é de US$ 4,75 bilhões.

Nos últimos dias, com a proximidade do acordo, os papéis da fabricante brasileira apresentaram seguidas altas, avançando mais de 10% desde o começo da semana. Para o BTG Pactual (BOV:BPAC11), a avaliação do segmento de aviação comercial da Embraer foi menor que a esperada, Apesar disso, o montante representa um upside em relação ao preço atual dos ativos da companhia.

As companhias assinaram um memorando de entendimento com a Boeing para formação de joint venture contemplando os negócios e serviços de aviação comercial da fabricante brasileira, informaram as companhias na manhã desta quinta-feira.

Pelos termos do acordo não vinculante, a Boeing deterá 80 por cento da companhia resultante da transação, enquanto a Embraer ficará com os 20 por cento restantes, de acordo com o comunicado.

A transação avalia a totalidade das operações de aviação comercial da Embraer em 4,75 bilhões de dólares, com a Boeing desembolsando 3,8 bilhões de dólares pelos 80 por cento de participação no negócio, disseram as companhias.

Em documento enviado separadamente à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a fabricante brasileira ressalta que as divisões de defesa & segurança e jatos executivos, dentre outras, não serão segregadas para nova sociedade e seguirão sendo desenvolvidas pela Embraer.

Além disso, as ações da Embraer continuarão listadas na bolsa paulista B3 e a União manterá os direitos decorrentes das golden shares na companhia.

Com Reuters.

Deixe um comentário