BRF é inserida novamente na Carteira do Índice de Sustentabilidade da B3

LinkedIn

BRF foi selecionada mais uma vez para compor a Carteira do Índice de Sustentabilidade da B3, que será lançada nesta quinta-feira (03).

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:BRFS3) nesta terça-feira (01). A carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3 terá vigência de 04/01/2021 a 30/12/2021.

“A manutenção no índice e a melhoria no desempenho de seus indicadores relativos aos temas de meio ambiente, sustentabilidade e governança corporativa representam a materialização dos compromissos assumidos pela BRF” afirma a empresa no comunicado.

O Índice de Sustentabilidade Empresarial da B3 (ISE B3) foi o 4º índice de sustentabilidade criado no mundo, em 2005. O índice também tem como objetivo apoiar os investidores na tomada de decisão de investimento e induzir as empresas a adotarem as melhores práticas de sustentabilidade, uma vez que as práticas ESG (Ambiental, Social e de Governança Corporativa, na sigla em inglês) contribuem para a perenidade dos negócios.

A nova carteira do ISE B3 reúne 46 ações de 39 companhias pertencentes a 15 setores. Juntas, as companhias somam R$ 1,8 trilhão em valor de mercado, 38% do total do valor de mercado das companhias com ações negociadas na B3, com base no fechamento de 25/11/2020.

Outras empresas que divulgaram participação na Carteira do Índice de Sustentabilidade da B3: Copel (CPLE3), Cosan (CSAN3), Duratex (DTEX3), Ecorodovias (ECOR3), Eletrobras (ELET3), Engie (EGIE3), Klabin (KLBN11), Light (LIGT3), Marfrig (MRFG3), M.Dias Branco (MDIA3) e Petrobras (PETR4).

Lucro líquido de R$ 216,8 milhões no 3T20, queda de 26,3%

BRF divulgou lucro líquido de R$ 216,8 milhões, queda de 26,3% na comparação anual. A piora dos resultados da BRF no exterior, reflexo do aumento dos custos de produção e de embargos sauditas que insistem em atrapalhar os negócios, nublou o sólido desempenho da operação no Brasil e reduziu o lucro da empresa dona das marcas Sadia e Perdigão no terceiro trimestre.

A empresa salientou que o resultado na comparação ano a ano é afetada pela maior geração de créditos tributários no terceiro trimestre de 2019 e pelos gastos associados ao combate dos efeitos da covid-19, de R$ 145 milhões e maiores despesas financeiras líquidas.

→ A BRF S/A surgiu da fusão da Sadia e Perdigão e é uma das maiores empresas de alimentos do mundo com mais de 30 marcas em seu portfólio. A possui R$ 14,5 bilhões de valor de mercado. Confira a Análise completa da empresa com informações exclusivas.

Deixe um comentário