Ultrapar anuncia investimento de R$ 1,89 bilhão em 2021

LinkedIn

A Ultrapar anunciou investimento de R$ 1,89 bilhão para 2021, montante superior aos investimentos realizados em 2019 e 2020.

A companhia (BOV:UGPA3) fez o comunicado nesta sexta-feira (11).

A parcela de investimentos em expansão, que representa cerca de metade do plano, prioriza investimentos para o crescimento dos negócios por meio de aumento de capacidade ou ganhos de eficiência e produtividade, com retornos consequentemente melhores, em linha com o planejamento estratégico da Companhia.

Os principais investimentos em expansão inclusos no plano de 2021 estão concentrados na Ipiranga, Ultracargo e Ultragaz.

Os investimentos em expansão da Ipiranga se concentram na expansão da infraestrutura logística, com a construção das bases de distribuição em Belém (PA), Cabedelo (PB), Vitória (ES)(concessões obtidas em 2019) e Fortaleza (CE), no crescimento da rede de postos, por meio da adição de postos com maior galonagem, priorizando o volume vendido, e na expansão das operações próprias e novas franquias da AmPm.

Os investimentos em expansão da Ultracargo serão destinados à construção do terminal em Vila do Conde (Belém, PA) e à expansão do terminal de Itaqui (MA), no valor de R$ 280 milhões, que resultará no crescimento de 19% da atual capacidade de armazenagem da empresa.

A Ultragaz investirá em expansões com novas bases de engarrafamento em Belém, PA e Fortaleza, CE, que totalizam aproximadamente R$ 70 milhões em 2021, e na captura de novos clientes principalmente no segmento granel.

A Oxiteno e a Extrafarma concentrarão seus investimentos de expansão em otimizações logísticas para aumento de produtividade e no crescimento de suas plataformas digitais, respectivamente.

Aproximadamente metade do plano de investimentos 2021 será destinada à sustentação dos negócios, incluindo principalmente investimentos em segurança, manutenção dos ativos e de participação de mercado, renovação e reforma dos pontos de venda, além de investimentos em tecnologia da informação.

Lucro líquido de R$ 277 milhões

A empresa revelou em seu balanço que obteve um lucro líquido de R$ 277 milhões, uma redução de 10% quando comparado com o mesmo período do ano anterior. Em relação ao 2T20, o lucro líquido apresentou aumento de R$ 227 milhões.

 

Em se tratando da receita líquida da companhia, o montante ficou em R$ 21 bilhões no 3T20, o que equivale a 11% menos do que o registrado no mesmo período de 2019. No comparativo com o trimestre anterior deste ano, entretanto, a receita líquida cresceu 31%.

 

Deixe um comentário