Vale: após notificação da BNDESPar, mineradora passará a deter 29,6% de ações da VLI

LinkedIn

A mineradora Vale informou que foi notificada pelo braço de participações do BNDES sobre o exercício integral pelo banco de uma opção de compra de ações de emissão da empresa de logística VLI atualmente detidas pela companhia.

O anuncio foi feito pela empresa (BOV:VALE3) nesta quarta-feira (09).

“Com o exercício desta opção, a Vale receberá, por 8% de participação na VLI, cerca de 1,223 bilhão de reais no dia 11 de dezembro de 2020, passando a deter 29,6% do total de ações da VLI”, disse a mineradora.

No momento, a Vale possui 37,6% na VLI, na qual é a maior acionista, segundo informações do site da companhia.

A operação pelas ações da empresa decorre de entendimentos firmados entre a Vale e o BNDESPar em 2015 sobre debêntures para financiamento ao projeto de expansão da Ferrovia Norte Sul, operada pela VLI, explicou a Vale.

Lucro líquido de US$ 2,9 bilhões, alta de 75%

A Vale fechou o terceiro trimestre com lucro líquido de US$ 2,908 bilhões, uma alta de 75,8% na comparação com o ganho de US$ 1,654 bilhão em igual período do ano passado.

O Ebitda ajustado – lucro antes de antes de juros, impostos, depreciação e amortização – foi de US$ 6,095 bilhões, 32,4% a mais que os US$ 4,603 bilhões do terceiro trimestre do ano passado. O forte Ebitda levou a companhia a ter um Fluxo de Caixa Livre de US$ 3,751 bilhões no trimestre.

Deixe um comentário