Índice de confiança do consumidor do EUA caiu para 79,2 no início deste mês

LinkedIn

A confiança do consumidor dos Estados Unidos caiu no início de janeiro, quando os norte-americanos reagiram ao ataque ao prédio do Capitólio em Washington e a um aumento implacável de infecções e mortes por Covid-19, o que pesou sobre as perspectivas econômicas, disse a Universidade de Michigan nesta sexta-feira.

O índice de confiança do consumidor da Universidade de Michigan caiu para 79,2 no início deste mês, de uma leitura final de 80,7 em dezembro. Economistas previam que o índice teria pouca alteração, ficando em 80.

“O sentimento do consumidor registrou quedas pequenas no início de janeiro, apesar do aumento horrendo nas mortes de Covid-19, da insurreição e do impeachment de Trump”, disse o economista-chefe da pesquisa, Richard Curtin, em comunicado.

O período da pesquisa cobriu os primeiros dias de janeiro, incluindo 6 de janeiro, quando milhares de apoiadores de Donald Trump invadiram o Capitólio enquanto congressistas certificavam a vitória do democrata Joe Biden sobre o presidente republicano na eleição de 3 de novembro de 2020. Trump foi posteriormente acusado de incitar a multidão à violência.

Veja também:
Índice de preços ao produtor dos EUA aumentou 0,3% em dezembro
Vendas no varejo dos EUA caíram 0,7% em dezembro
Produto Interno Bruto do Reino Unido caiu 2,6% em novembro
Produção industrial do Reino Unido caiu 0,1% em novembro

(Com informações da Reuters)

Deixe um comentário