JBS decide concentrar produção de carne bovina na unidade de Brasnorte

LinkedIn

A JBS decidiu descontinuar a produção de carne bovina na sua fábrica de Juína (MT) e concentrar as atividades da região na unidade de Brasnorte (MT). Em nota, a companhia afirma que a segunda unidade é mais moderna e tem potencial de absorver os empregos e os volumes produzidos na primeira, que será desativada.

O comunicado foi feito pela companhia (BOV:JBSS3) nesta quarta-feira.

Além disso, com a mudança, a empresa vai investir em aumento de capacidade produtiva e ampliação de atividades na planta de Brasnorte.

Lá, a operação teve início em janeiro de 2020, quando recebeu mais de R$ 70 milhões em investimentos para aquisição e construção. “É uma planta com equipamentos e fluxos de trabalho modernos”, acrescenta a JBS, no comunicado. A empresa também disse que ofereceu aos cerca de 300 colaboradores da fábrica de Juína a possibilidade de transferência para Brasnorte.

Lucro líquido de R$ 3,1 bilhões, maior faturamento trimestral da história

JBS reportou o maior faturamento trimestral da história, com lucro líquido de R$ 3,1 bilhões, quase nove vezes o resultado do trimestre de 2019, quando a empresa divulgou R$ 356 milhões.

A JBS afirmou que a divisão brasileira de alimentos processados Seara viu o Ebitda ajustado subir 55,4%, enquanto as operações com carne suína e de frango nos Estados Unidos registraram saltos de 64,7% e 48,9%, respectivamente, apoiadas na desvalorização do real ante o dólar.

Deixe um comentário