Bom dia ADVFN - Divulgação de balanços, dados de preços nos EUA e projeto do ICMS no Brasil no radar

LinkedIn

Esse é o Bom dia, Investidor!  14 de Outubro de 2021, com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!

📣📰 Confira as principais manchetes dos jornais de hoje 📰

Bolsas mundiais: os mercados globais abrem no terreno positivo após ata do FED, e os índices futuros americanos avançam nesta manhã, após a divulgação de fortes resultados pelo JPMorgan.

Na Ásia, as bolsas fecharam em altas, em sua maioria. A inflação ao produtor avançou em setembro 10,7% na China, em comparação com o mesmo período do ano anterior, acima da expectativa de alta de 10,5% de analistas ouvidos pela agência internacional de notícias Reuters. A inflação ao consumidor avançou 0,7% em comparação com o ano anterior, abaixo da expectativa de alta de 0,9%. O governador do Banco Popular da China, Yi Gang, afirmou na quarta que avalia que a inflação é moderada de forma geral. O preço do barril de petróleo avança e o minério de ferro negociado na Bolsa de Dalian recua.

Na Europa, os índices operam em alta, à medida que investidores reagem à divulgação de dados de inflação e rendimentos nos Estados Unidos. O índice Stoxx 600, que reúne as ações de 600 empresas de todos os principais setores de 17 países europeus, avança 0,8%, com desempenho positivo de todos os principais setores e destaque para o de recursos básicos.

Nos Estados Unidosos índices operam em alta no momento. O JPMorgan deu início à temporada de divulgação de resultados de grandes bancos nos Estados Unidos, com bons resultados que superaram as expectativas, impulsionado por US$ 1,5 bilhão por conta de perdas com empréstimos melhores do que o esperado. Apesar disso, os papéis recuaram 2,6%, e as ações de outros bancos também tiveram quedas. Esta quinta deve ser marcada pela divulgação de outros grandes bancos antes da abertura dos mercados: Bank of America, Citigroup, Morgan Stanley e Wells Fargo. Na quarta foram divulgadas as minutas da reunião de setembro do Comitê Federal do Mercado Aberto (Fomc na sigla em inglês) do Federal Reserve, que indicou que o banco central americano pode iniciar o processo de redução do ritmo de compra de ativos em meados de novembro ou meados de dezembro. Atualmente, o banco central americano vem comprando US$ 120 bilhões mensalmente em títulos; o CPI mostrou que a inflação americana se manteve acima de 5%.

==> Acompanhe os mercados mundiais pela ADVFN (aqui)

Os futuros internacionais de petróleo WTI estão sendo negociados a US$ 81,42 com alta de 1,22%. O Brent opera em alta de 1,26%, negociado a US$ 84,22.

Bitcoin (COIN:BTCUSD) é negociado a US$ 57.329,28 (+4,78%). O ouro  é negociado a US$ 1.797,60 por onça-troy (+0,16%).

⇒ Bitcoin – Acompanhe o Mundo Cripto na ADVFN

Minério de ferro: O minério negociado na bolsa de Dalian teve queda de 2,9%, a 736 iuanes, o equivalente a US$ 114,37.

Coronavírus

O mundo registra 239.208.897 de casos de coronavírus e 4.875.011 mortes, confirmadas pela Universidade Johns Hopkins.

Painel Vacinas Covid-19 Brasil:  Doses Distribuídas pela União: 301.000.448. Doses aplicadas: 244.276.086.

O Brasil ultrapassou na quarta-feira (13) a marca de 100 milhões de pessoas com imunização completa contra a Covid-19, incluindo vacinados com duas doses (Pfizer, AstraZeneca e Coronavac) e a dose única (vacina da Janssen), segundo levantamento com base em informações das secretarias estaduais de Saúde de todo o país.

Brasil

Até 2100, a população brasileira deverá ser inferior a 180 milhões de habitantes. É o que afirma o levantamento Projeções Populacionais Por Idade e Sexo Para o Brasil até 2100, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). No estudo, as pesquisadoras Gabriela Bonifácio e Raquel Guimarães utilizaram métodos diferentes na análise populacional. O extenso período de projeção adotado — de 2010 até 2100 — não é uma prática frequente em exercícios de projeção populacional. Segundo a pesquisa, essa técnica permitiu fornecer dados populacionais plausíveis para subsidiar projeções econômicas e atuariais importantes que, em algumas situações, demandam um espaço temporal maior.

Poderes

A Câmara concluiu a votação do projeto que muda a incidência de ICMS sobre combustíveis e estabelece um valor fixo por litro para o imposto. O texto-base foi aprovado por 392 votos a 71. Já os cinco destaques – sugestões de mudança que podem mudar o teor do texto – que haviam sido apresentados pela oposição foram rejeitados. A proposta segue agora para o Senado, onde tem poucas chances de avançar em razão da resistência dos Estados, que temem perder arrecadação.

O senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), afirmou ontem que não aceitará ser ameaçado para marcar a sabatina do ex-chefe da Advocacia Geral da União (AGU) André Mendonça, indicado a uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF).

Justiça

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, determinou que o ex-deputado Roberto Jefferson, presidente do PTB e aliado do presidente Jair Bolsonaro alvo do inquérito das milícias digitais, volte ao cárcere tão logo receba alta do Hospital Samaritano Barra. O político terminou o tratamento médico e recebeu o aval para deixar o hospital no último dia 5, mas permanece no local.

Economia

O Fundo Monetário Internacional (FMI) divulgou documento, ontem, em que reduz as estimativas de endividamento mundial e do Brasil. Conforme os dados do Monitor Fiscal, a dívida pública bruta brasileira não deverá romper a barreira dos 100% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2023, como previsto pela instituição em abril. O estudo, de 114 páginas, estima que a dívida pública bruta brasileira cairá de 98,9% do PIB, em 2020, para 90,6% em 2021, e para 90,2% em 2022. As projeções anteriores eram de 98,4%, neste ano, e de 98,8%, no ano que vem. Para 2023, o fundo estima, agora, que a dívida brasileira será de 91,7% do PIB. Apesar da melhora nas projeções do FMI, a dívida pública bruta do Brasil está bem acima da média dos países emergentes, que está em 64,3% do PIB neste ano. Essa taxa é 10 pontos percentuais superior à média de 2019, devido às medidas de aumento de gastos adotadas durante a pandemia, e deverá continuar crescendo nos próximos anos, até chegar em 69,8% em 2026.

Agenda Econômica

🇯🇵 Produção industrial mensal e anual (01h30)
🇧🇷 Pesquisa de serviço mensal e anual (09h00)
🇺🇸 Pedidos de seguro-desemprego semanal (09h30) ⭐️
🇺🇸 Índice de Preço ao Produtor (09h30)
🇧🇷 Tesouro Nacional – Leilão de títulos (10h30) ⭐️
🇺🇸 Variação de estoques de petróleo EIA semanal (11h30) ⭐️
🇺🇸 Balanço orçamentário federal mensal (15h00)

Ibovespa e dólar no último pregão:

Ibovespa:  

Referência do mercado brasileiro, o índice encerrou em alta de 1,41%, a 113.455 pontos, seguindo a tendência global de maior apetite por risco e apoiado sobretudo em papéis ligados ao mercado doméstico.

Maiores altas do Ibovespa

BPAN4: +9,68% a R$ 15,86
BIDI4: +8,71% a R$ 16,47
BIDI11: +7,80% a R$ 48,40
PETZ3: +6,73% a R$ 23,47
PCAR3: +6,72% a R$ 27,64

Maiores baixas do Ibovespa

PRIO3: -3,02% a R$ 26,95
VALE3: -2,96% a R$ 79,20
CSNA3: -2,31% a R$ 27,47
BRAP4: -1,41% a R$ 53,96
USIM5: -1,33% a R$ 16,31

💲 Carteiras recomendadas de outubro/21 completo: Mensal, Small Caps, Dividendos, FII e BDRs 💲

Dólar    

dólar comercial: o dólar comercial fechou em R$ 5,5090, com queda de 0,50%. Esta desvalorização se deve ao leilão extraordinário de swap cambial, realizado pelo Banco Central (BC). A operação, que teve giro de US$ 1 bilhão, arrefeceu o ímpeto da moeda norte-americana.

Juros

O DI para janeiro de 2022 fechou com taxa de 7,306%, de 7,272% no ajuste anterior; o DI para janeiro de 2023 projetou taxa de 9,050%, de 9,055%; o DI para janeiro de 2025 foi a 10,010%, de 10,070% antes e o DI para janeiro de 2027 com taxa de 10,430%, de 10,430% na mesma comparação.

Ifix   

O índice fechou a sessão em alta de 0,03%, aos 2.728 pontos. A mínima bateu em 2.725 pontos, enquanto a máxima foi de 2.732 pontos. No acumulado para outubro, o índice concentra uma valorização de 0,45%. Já no ano, recua 4,94%.

🏢  Carteiras de Fundos Imobiliários de outubro de 2021 🏢

Fonte: CNN, CNBC, Infomoney, TC, G1, Agência Brasil e BDM, correio braziliense, estadão.

Deixe um comentário