GPA: Credit Suisse revisa estimativas e espera crescimento composto de 6% no lucro por ação entre 2021 e 2026

LinkedIn

O Credit Suisse revisou estimativas sobre a empresa, esperando um crescimento composto de 6% no lucro por ação entre 2021 e 2026, ante 7% anteriores.

Após o novo diretor-presidente da empresa, Marcelo Pimentel, falar bastante sobre a importância do foco nas operações essenciais da companhia, a analista Marcella Recchia acredita que um possível desinvestimento no Grupo Éxito pode estar próximo,

Por enquanto uma falta de sinalização mais forte sobre o futuro da empresa segura as ações, e Marcella, ainda lembra, que a tese de investimentos do GPA (BOV:PCAR3) necessita de visibilidade, apesar do forte potencial de valor.

Segundo o Credit Suisse, as operações no Brasil do GPA estão em um ano de transição, chamando atenção que a saída do segmento de hipermercados vai ajudar a companhia a recuperar margens. O ceticismo dos investidores só será superado quando essa transformação dos negócios de fato acontecer, destacam.

Credit Suisse mantém recomendação neutra e reduz preço-alvo de R$ 27,00 para R$ 26,00…

Deixe um comentário