Dólar fecha com leve alta, com risco fiscal e PEC dos auxílios rondando os mercados locais

LinkedIn

O dólar oscilou pouco nesta segunda-feira, marcada pela ausência do investidor estrangeiro devido ao feriado nos EUA. O mercado seguiu atento ao risco fiscal, especialmente após o relator da PEC dos benefícios na Câmara, Danilo Forte, declarar em entrevista ao Broadcast que pretende ampliar o auxílio-gasolina para motoristas de aplicativo e que vê espaço para elevar os gastos fora do teto até R$ 50 bilhões, que era o limite sugerido inicialmente por Guedes, quando a PEC foi proposta pelo governo.

Lá fora, sem a referência de Wall Street, os investidores monitoraram o avanço do petróleo e as notícias de novas restrições de circulação da China, enquanto aguardam uma agenda pesada na semana, com atas do Fed e do BCE e o dado de emprego nos EUA.

O dólar à vista fechou em leve alta de 0,08%, a R$ 5,3257, após oscilar entre R$ 5,2885 e R$ 5,3342. Às 17h05, o dólar futuro para agosto caía 0,14%, a R$ 5,3650.

Lá fora, o DXY marcava 105,177 pontos, com leve alta de 0,04%, enquanto o euro caía 0,06%, a US$ 1,0423, e a libra subia 0,05%, a US$ 1,2102.

Data Compra Venda Variação Variação
01/07/2022 5,3207 5,3212 1,651% 0,0864
04/07/2022  5,3247 5,3257 0,085% 0,0045

💵 Está pensando em viajar? Faça a conversão de moedas gratuitamente!

🇧🇷 – US$ 1 = R$ 5,32

🇪🇺 – US$ 1 = €$ 0,95

🇬🇧 – US$ 1 = £$ 0,82

Gráficos GRATUITOS na br.advfn.com

(Com informações da BDM, UOl e Agencia CMA)

Deixe um comentário